Sambaíba, que opera na capital paulista, coloca 54 novos ônibus zero-quilômetro em operação

Imagem divulgada pela fabricante de carrocerias Caio.

Veículos possuem modelo Caio Millennium quarta geração

JESSICA MARQUES

A Sambaíba Transportes Urbanos, que opera na Zona Norte de São Paulo, adquiriu 54 unidades do ônibus urbano Caio Millennium, quarta geração, com ar condicionado AC353 G4 A.I – Eberspächer. Os chassis são Mercedes-Benz O-500.

Os veículos já foram entregues pela fabricante e estão em operação há cerca de um mês são identificados pelas cores prata e azul, seguindo o padrão visual determinado pela SPTrans para a região.

Todas as unidades foram produzidas na versão piso baixo. Ao todo, foram 50 ônibus articulados e quatro unidades Padron.

Segundo a Caio, os ônibus contam com rampa, para o acesso de pessoas com deficiência, assentos para usuários com mobilidade reduzida e idosos, além de espaço para cadeira de rodas, cão-guia e sinais de parada em alto relevo.

A fabricante informou ainda que os veículos vêm com “poltronas ergonômicas e estofadas, tomadas USB em diversos pontos do salão interno, destinadas ao carregamento de celulares e dispositivos móveis”.

Além disso, a iluminação interna e itinerários eletrônicos, localizados em pontos específicos da carroceria, são em LED.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rafael Silva disse:

    Pq tem a marca do seu site na foto se ela é de autoria da montadora CAIO? Qual a logica de colocar sua marca em fotos que vcs nao tiraram?
    RESPOSTA: Porque a foto foi cedida também ao site e a medida tem autorização da Caio, entendeu?

  2. inline6fan disse:

    Quando começarão a trocar os ônibus a diesel por modelos elétricos?

  3. Alfredo disse:

    Sou motorista e gostaria de saber 2 coisas, primeiro para que portas do lado esquerdo se a maioria destes ônibus não rodam em corredores(Express é um exemplo), e segundo, será que ninguém da CAIO vê que as luzes dianteiras do salão são tão claras que provocam ofuscamento e reflexo no parabrisa? Tem que colocar lâmpada de led azul ou verde, senão estaram sempre apagadas

    1. Há planos de novos corredores, em projetos , pela prefeitura, que contempla a tambem a zona oeste..daí já se ter coletivos prontos com portas em ambos os lados…Concordo contigo com relação aos leds muito claros, e ofuscante, inclusive para passageiros no ponto. É preciso que a fabricante reveja isso…Virou moda até autos com faróis com leds, que mais parecem raio laser,a ponto de nos cegarem nas ruas e avenidas.

  4. Martins disse:

    Transporte urbano da capital paulista é composto por empresas e sindicato corrupto e desonesto uma vergonha essa podridão que é o transporte coletivo da capital paulista , bandidos corruptos!!!!! Vergonha descarada ea prefeitura compactua com essa bandidagem.!!!!

  5. Edilson disse:

    Porque as maiorias das empresas de São Paulo, trabalham mais com as carrocerias Caio, o que Marcopolo, vi reportagem na internet que a Caio é dona das metades das linhas rodam em São Paulo SP, empresa dela chamado grupo de rua.

  6. Joséfa Rodrigues Barroso Rodrigues Edilson e clemilda prestação de serviços Ltda disse:

    Muito bonito esses ônibus parabéns 👏👏

Deixe uma resposta