Aplicativo SPTaxi fica fora do ar a partir desta sexta (16)

Empresa Alias Tecnologia tinha contrato de 12 meses, assinado em julho de 2020. Foto: Heloisa Ballarini/Secom.

Prefeitura de São Paulo não renovou contrato com a empresa vencedora da licitação para gestão da ferramenta

JESSICA MARQUES

O aplicativo SPTaxi fica fora do ar a partir desta sexta-feira, 16 de julho de 2021. A Prefeitura de São Paulo não renovou o contrato com a Alias Tecnologia S.A., empresa vencedora da licitação para gestão da ferramenta.

Segundo a administração municipal, o contrato venceu nesta quinta (15) e uma nova licitação será realizada para que outra empresa possa assumir a operação. Até lá, o aplicativo ficará fora do ar.

O contrato com a SMT (Secretaria Municipal de Transportes) foi assinado em julho de 2020, com duração de 12 meses, conforme noticiado pelo Diário do Transporte.

Relembre:

Gestão Covas concede SPTáxi à iniciativa privada e prorroga por um ano vencimento de alvará de taxistas da capital

POSICIONAMENTO DA EMPRESA

A empresa informou em nota ao Diário do Transporte que o contrato foi encerrado. Confira a nota, na íntegra:

O projeto SPTaxi, aplicativo oficial de transporte na cidade de São Paulo, após a implementação de diversas melhorias, ficará fora do ar a partir de hoje (16/07) devido ao encerramento do contrato da Prefeitura de São Paulo com a empresa vencedora da licitação da gestão do aplicativo. O contrato com a SMT – Secretaria Municipal de Transportes, cuja duração era de 12 meses, foi cumprido integralmente.

Atualmente, o SPTaxi é o aplicativo com menor percentual de cobrança sobre o valor das corridas para os taxistas. Diversas atualizações e novas funcionalidades foram executadas nesse ano, sendo que o principal desafio da gestão do SPTaxi foi modernizar o aplicativo, trazendo a modalidade de pagamento on-line de corridas e transformando-o de um localizador de corridas, numa plataforma de transporte individual eficiente, ágil e competitiva.

NOVA LICITAÇÃO

Em nota, a Prefeitura informou que a nova licitação está sendo preparada e, quando estiver pronta, será publicada em Diário Oficial.
Confira o posicionamento:
A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), informa que a empresa Alias Tecnologia não mais gerenciará o aplicativo SPTaxi, cujo contrato venceu nesta quinta-feira (15). O aplicativo ficará indisponível até que outra empresa possa assumir sua operação. A Prefeitura prepara uma nova licitação, que será publicada em Diário Oficial.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Olga Castellari disse:

    SPTaxi foi Criado pelo PSDB , uma porcaria de Aplicativo , como tudo que o PSDB cria

  2. Olga Castellari disse:

    SP Taxi Um LIXO de Aplicativo como tudo que o PSDB Cria

  3. Antonio disse:

    Infelizmente, o poder público pouco faz pela categoria devidamente cadastrada, devidamente legítima.
    Os aplicativos de mobilidade urbana compram facilidades em nome da tecnologia.

  4. Taxista SP disse:

    Sptaxi funcionava relativamente bem antes da privatização. Se não houver interferência para prejudicar o App novamente será uma excelente ferramenta. Que seja monitorada a empresa vencedora pra ver se não tem dedo da concorrência pra melar o aplicativo.

  5. ENILSON disse:

    Todos taxistas!
    Têm grandes reservas $$$
    Não tem pressa continuamos pagando altas taxas!

  6. Enilson disse:

    Todos taxistas!
    Tem grandes reservas em $$$.
    Não tem pressa continuamos pagando altas taxas em outros Apps.
    Aguardamos nova Licitação!

Deixe uma resposta