‘Bilhete Digital’ da CPTM e do Metrô de São Paulo pode ser comprado por WhatsApp e pago via PIX

Novidade do QR Code TOP foi anunciada pelo secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. Foto: Divulgação.

Funcionalidade também é válida para recarga do Cartão BOM

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES/WILLIAN MOREIRA

O TOP, Bilhete Digital QR Code utilizado no Metrô de São Paulo e na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), agora pode ser comprado pelo WhatsApp e pago via PIX.

A novidade foi divulgada pelo secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista coletiva a portais de mobilidade, incluindo o Diário do Transporte, na tarde desta segunda-feira, 31 de maio de 2021.

A nova passagem unitária com tecnologia QR Code, que está gradativamente substituindo o antigo bilhete magnético, agora tem um canal de vendas no no aplicativo de mensagens instantâneas. O recurso é chamado de WhatsApp TOP, com pagamento via PIX.

O objetivo do novo serviço é oferecer aos passageiros a comodidade de poder realizar a compra de qualquer lugar e usar o bilhete direto da tela do celular, sem a necessidade de imprimi-lo, segundo o secretário.

“O TOP tem sido muito bem aceito. Nós conseguimos uma saída de milhões de bilhetes. Agora que essa funcionalidade nova é a questão de incluirmos o WhatsApp e o pagamento via PIX. Na minha visão, são duas funcionalidades trazidas para dentro do TOP que vão facilitar ainda mais, porque haja vista o nosso objetivo, que desde o início é atrair o maior número possível de uma rede credenciada nos entornos das estações, para nós é um objetivo muito grande, para que a gente pudesse trazer essa facilidade às pessoas que o utilizam”, afirmou o secretário.

Uma das vantagens da implantação do Bilhete Digital QR Code, que já é aceito para embarque em todas as estações da CPTM e Metrô, é o aumento da capilaridade de canais de vendas e meios de pagamento. Neste primeiro momento, o piloto de vendas por WhatsApp começa com pagamento exclusivo via PIX, mas já temos previsto para os próximos meses a ampliação também para pagamento com cartão de crédito”, disse também Baldy.

Lançado pelo Banco Central no fim de 2020, o PIX é uma forma de pagamento instantâneo que, diferentemente das transações por TED ou DOC, faz a transferência do valor em tempo real, disponível 24 horas todos os dias. Para usar essa nova forma de pagamento, é preciso ter uma chave PIX que pode ser registrada pelo aplicativo da instituição bancária em que a pessoa possui conta.

Nesta primeira semana, a comunicação do piloto acontece nas estações Imperatriz Leopoldina, Domingos de Moraes, Sumaré e Clínicas, e, a partir do dia 07 de junho, será ampliada para as estações Santana, Palmeiras-Barra Funda e Carapicuíba. O lançamento para toda população está previsto para dia 28 de junho.

CARTÃO BOM

Além disso, a partir de agora, os passageiros que utilizam o Cartão BOM também passam a ter a opção de recarga do cartão Comum pelo WhatsApp TOP com pagamento via PIX.

O Cartão BOM é aceito nos ônibus que operam as linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

PASSO A PASSO

Confira abaixo o passo a passo divulgado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos para a compra do bilhete digital ou recarga do Cartão BOM via WhatsApp, com pagamento por PIX:

A recarga do Cartão BOM e a compra do Bilhete Digital QR Code por WhatsApp são feitas exclusivamente pela conta oficial do TOP. Basta adicionar o número (11) 3888-2200 aos contatos do celular, solicitar atendimento e seguir as orientações. No caso do Bilhete Digital QR Code para embarque na CPTM e Metrô, o bilhete é gerado na tela e pode ser salvo na galeria (Android) ou Arquivos (IOS) do celular e também é enviado para o e-mail do cliente.

É possível comprar 1 (um) Bilhete Digital QR Code por vez, com o limite de até 4 (quatro) compras por dia. No caso do Cartão BOM, o valor por recarga é de até R$ 100 (cem reais) e, após transação concluída, basta o passageiro fazer a liberação do crédito nos validadores localizados nas estações da CPTM e Metrô, nos terminais da EMTU ou a bordo dos ônibus.

Atualmente, os passageiros da CPTM e do Metrô podem adquirir o Bilhete Digital QR Code da seguinte forma:

WhatsApp oficial TOP (11 3888-2200)

Forma de pagamento: PIX

 

Aplicativo TOP (Android e IOS)

Forma de pagamento: Crédito, Débito (consulte no app as bandeiras aceitas)

 

Bilheterias das estações do Metrô e da CPTM

Forma de pagamento: Dinheiro

 

Máquinas de Autoatendimento (ATM)

Forma de pagamento: Débito

 

Estabelecimento Comerciais Parceiros

Forma de pagamento: Débito, Crédito, Dinheiro (consulte no local a forma aceita)

para mais informações e dúvidas sobre o TOP, basta acessar:  www.boradetop.com.br. Os clientes do TOP também contam com atendimento por WhatsApp, pelo telefone (11) 3888-2200, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

VENDAS

Lançado pelo Governo do Estado de São Paulo em dezembro passado, o Bilhete Digital QR Code ultrapassou a marca de 8 milhões de unidades comercializadas.

Relembre:

ÁUDIO: Ônibus gerenciados pela EMTU também vão aceitar o QR Code e o aplicativo Top, diz Baldy

Desde 24 de março, teve início uma operação de substituição do bilhete unitário tradicional (conhecido como Edmonson) pelo modelo mais moderno. Até o momento, mais de 50% das bilheterias da CPTM e do Metrô já fizeram a substituição da passagem unitária pelo Bilhete Digital QR Code. Essa operação segue de forma gradativa até o final de junho, segundo a secretaria.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta