Uber e 99 se credenciam na prefeitura do Rio para atender nova regulamentação de Paes

Foto apenas ilustrativa

Nesta quarta-feira, (05) as empresas devem começar a fornecer informações relativas à operação para a Secretaria Municipal de Transportes

ADAMO BAZANI

A prefeitura do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira, 04 de maio de 2021, que as duas maiores empresas de carros de aplicativo atualmente no País, a Uber e a 99, entraram com pedido de credenciamento público obrigatório para a prestação do serviço no município, uma exigência da nova regulamentação da atividade na capital.

Como mostrou o Diário do Transporte, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, publicou em 16 de março de 2021, o decreto 48612/21, que regulamenta a atuação de aplicativos.

Entre as regras está a cobrança de uma taxa de 1,5% sobre cada corrida pelo direito de uso das vias da cidade.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/16/paes-regulamenta-carros-de-aplicativo-e-cobrara-15-de-cada-corrida-no-rio-de-janeiro/

De acordo com a prefeitura, nesta quarta-feira 05 de maio de 2021, as empresas começam a fornecer informações relativas à operação para a Secretaria Municipal de Transportes, conforme previsto na nova regulamentação da atividade.

O objetivo de reunir estes dados é realizar a fiscalização dos motoristas e empresas.

Todo o mês, a prefeitura vai receber das informações como o nome completo e número da CNH (com validade) dos motoristas, placa do(s) veículo(s) utilizado(s) em ao menos uma viagem no município no mês anterior e o valor total cobrado dos passageiros nas viagens realizadas por condutores cadastrados.

Por meio de nota, a administração diz que outras empresas podem se credenciar.

Qualquer outra empresa que deseja atuar legalmente na cidade deve realizar a comunicação de atividade e o referido credenciamento público gratuito, enviando a documentação exigida (listada abaixo) para o email cerva.smtr@rio.rj.gov.br. É importante ressaltar que a não realização deste credenciamento, ou a suspensão do mesmo, caracterizará transporte ilegal de passageiros, sujeitando os responsáveis às penalidades cabíveis.

Documentação para credenciamento público de empresas de transporte por aplicativo:

  • Atos constitutivos e CNPJ;
  • Ata de eleição da Administração (se couber);
  • Procuração (se for o caso);
  • Certidão de Situação Fiscal gerada pela Procuradoria da Dívida Ativa do Município;
  • Certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União;
  • Certificado de Regularidade do FGTS.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Jose carlos disse:

    Todos empresarios no estado pagam impostos so esses aplicativos que nao paga nada se liga ai empresarios se unen e nao paga nada tambem se e para um e para todos.

  2. Renato Medeiros disse:

    Esse Eduardo paes é um bom FDP,agora cobrar por usar vias pulblicas ,tá de sacanagem ,então todos vão ter que pagar esse imposto ,pq todos que andam de carro já pagam o IPVA,quero ver se nós que trabalhamos como motorista de aplicativos ,vamos ter tbm o desconto pra comprar carros ,igual aos taxistas ?

    1. Alexandre disse:

      Na minha opinião 1,5% tá é pouco rsrs

  3. Jony max disse:

    E amigo a coisa não vai parar por ai e o valor cobrado por cada corrida e mais sermos fiscalizado pela smtu. .smtr.e detro vai apreender rebocar carro com pneu careca muita multa isso nosso prefeito e bom a população do Rio que votaram nele se sintam satisfeitos também trabalho em aplicativo mas isso vai ser o caus boa sorte pra vamos precisar seria ótimo se ele aumentasse o valor da tarifa Uber pra que ficasse mais competitivo com o táxi seria menos desomano e nos somariamos juntos no transporte do Rio mas isso seria um sonho

  4. Hildebrando Geraldo de Medeiros disse:

    Esse Eduardo paz o negócio dele é só embolsar grana a estrada tudo esburacadas só fica nessa de tampar buraco tampar hoje amanhã volta tudo de novo.

  5. Sidnei disse:

    Com esse credenciamento, só irei bater palmas para ele, se ele conseguir um ótimo reajuste nas tarifas dos APP.
    Vamos sonhar, porque só isso que é de graça nessa vida…sonhar!!!

  6. Ednaldo disse:

    Boa noite eu acho correto cobra o valor, mas também acho correto ele melhorar as ruas do município do Rio de janeiro pós as ruas estão todas esburacadas e cada remendo mal feito, é como por exemplo uma rodovia tem um profissional de primeira categoria e a prefeitura do Rio tivesse um profissional de quinta categoria ou até mas baixo a categoria, vamos cobrar mas vamos melhorar, que governo mas cara de pau

    1. Vinicius disse:

      👏

  7. NIXON DE OLIVEIRA JALES disse:

    Agora só falta cada motorista de aplicativo trabalhar no seu município de origem

  8. Cláudio disse:

    Acho maravilhoso andar de Uber a $ 4 reais /$ 6 com carro bom , bala água e um otário pra dirigir e me levar aonde quero kkkkkkk enquanto existir cavalo 🐎 são Jorge não anda a pé kkkkkk

    1. Francisco dias disse:

      Imagino o q vc passa taxista mal amado…..kkkkkkk

    2. Francisco dias disse:

      Ainda mais eh mal informado, bala e água não existem mais há muito tempo.

    3. jair Baptista disse:

      Gostei ….kkkkkķkk

    4. Vinicius disse:

      Muito babaca. Mas não discordo dele, não. Independente de não oferecermos mais bala e água, coisa que nunca ofereci, nos subtemos a fazer viagens que não estão pagando o litro do combustível. E agora esse aumento do gnv.

  9. Luciano Amorim disse:

    So impostos nada mas do que isso.

  10. Vinicius disse:

    Dinheiro vai para o município para consertar esse asfalto ridículo ou para o bolso do prefeito?? Tomara que a uber aumente a tarifa das viagens

Deixe uma resposta