Zona Norte de Teresina tem operação parcial do transporte coletivo

Colocar menos veículos nas ruas teria sido uma orientação das empresas. Foto: Ruan Silva Andrade/Ônibus Brasil.

Ao menos três empresas de ônibus alegam falta de combustível para circular

WILLIAN MOREIRA

Pelo menos três empresas de ônibus que atuam na região norte da cidade de Teresina no Piauí deixaram de circular com parte da frota nesta quinta-feira, 29 de abril de 2021.

De acordo com o Portal O Dia, as empresas que compõe o Consórcio Poty deveriam juntas ter colocado nas ruas 18 veículos, mas somente 12 deixaram as garagens devido à falta de combustível para abastecer os veículos.

Segundo trabalhadores ao Portal, colocar menos veículos nas ruas seria uma orientação das empresas.

O consórcio atende bairros como Mocambiquinho, Parque Brasil, Poty Velho e região da Grande Santa Maria da Codipi. Com este problema, os passageiros da região ficam afetados com um tempo maior de espera pelo transporte.

No início da semana, os ônibus das empresas Transfácil, Emtracol e Teresina também deixaram de circular pelo mesmo motivo. Segundo informações da mídia local, há uma única bomba de diesel na garagem para abastecer os veículos das cinco empresas, o que teria causado o problema.

CRISE

A falta de combustível se junta à crise alegada pelo Setut Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina) que divulgou nesta semana existir um prejuízo de mais de R$ 28 milhões no setor e uma queda de 90% na demanda de passageiros transportados.

Relembre:

Empresas do transporte coletivo de Teresina (PI) acumulam 90% de queda na arrecadação

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta