TRT da Paraíba proíbe greve de ônibus em João Pessoa nesta terça (20)

Ônibus em João Pessoa

Juiz atendeu Consórcio Unitrans . Trabalhadores se queixam de cortes de benefícios, dupla função e querem vacina contra a covid-19, entre outras reivindicações

ADAMO BAZANI

O juiz substituto do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da Paraíba, Joliete Melo Rodrigues Honorato, da 13ª Vara do Trabalho de João Pessoa,  proibiu que seja realizada paralisação, greve ou qualquer outra forma de impedimento da circulação de ônibus em João Pessoa anunciada para esta terça-feira, 20 de abril de 2021, pelo sindicato que representa os rodoviários.

A decisão é desta terça-feira, 19 de abril de 2021, e  atende ação movida pelo Consórcio Unitrans.

A multa determinada é de R$ 10 mil por ônibus impedido de circular.

Cimo mostrou o Diário do Transporte, os trabalhadores pedem a volta do pagamento das comissões que foi suspenso, além do valor integral do ticket-alimentação, atualmente em 50%. O protesto também reivindica a volta dos cobradores nas linhas de ônibus com maior movimento de passageiros.

Vacinação da categoria, fim da jornada dupla entre 6h e 20h, homologação de demissões no sindicato, reintegração dos funcionários demitidos desde abril de 2021, instalação de ponto eletrônico, entrega de uniformes aos trabalhadores e pagamentos das horas extras também estão na pauta de reivindicações.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/04/16/rodoviarios-de-joao-pessoa-pb-programam-greve-para-a-proxima-terca-20/

O sindicato dos trabalhadores  aguarda um posicionamento do Sintur (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de João Pessoa) e, conforme a resposta dos empresários, pode referendar a decisão pela greve ou não.

Veja a decisçao na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta