Após intervir no transporte, Caraguatatuba (SP) realiza vistoria e retira 11 ônibus da Praiamar de circulação

Veículos apresentavam problemas mecânicos e profissionais da empresa atuam para realizar o conserto. Foto: Divulgação / PMC.

Três dos veículos apresentavam problemas de segurança ao usuário

JESSICA MARQUES

Após intervenção no transporte coletivo, a Prefeitura de Caraguatatuba, no Litoral Paulista, realizou uma vistoria e retirou 11 ônibus da empresa Praiamar de circulação.

Os veículos apresentavam problemas mecânicos, sendo três com erros que não davam segurança ao usuário. Segundo a Prefeitura, a equipe de mecânicos da empresa trabalha para arrumar os veículos o mais rápido possível.

“Antes de liberar a frota para viagem, os agentes de trânsito da Mobilidade Urbana fazem a frequência e regularidade do veículo. Além disso, é feita a auditoria das catracas, dando transparência no serviço e controle na quantidade de passageiro por ônibus”, detalhou a administração municipal.

Desde a madrugada desta quinta-feira, 08 de abril de 2021, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, a Prefeitura opera o transporte coletivo.

Relembre:

Caraguatatuba intervém no transporte municipal e assume operação da empresa Praiamar

Na tarde de quinta-feira, a gestão municipal conseguiu pagar o vale-alimentação de 124 funcionários da empresa. De acordo com os funcionários, o benefício estava atrasado desde o início fim do mês de março.

CONTRATAÇÃO

Neste sábado (09), a Praiamar Transportes iniciará o recrutamento de novos motoristas para contratação. A empresa está sendo auxiliada pelo STTRUCAD (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviário, Urbano, Cargas, Anexo e Diferenciado do Litoral Norte), que forneceu cerca de 40 contatos de ex-funcionários da Praiamar, que foram demitidos durante a pandemia do novo coronavírus.

“Além da vistoria de veículos e condução e liberação das frotas, todas as peças, equipamentos, computadores e produtos de trabalhos foram inventariados pela Prefeitura de Caraguatatuba. O intuito é ter controle e ciência de todo os bens e equipamentos da garagem para, assim, dar um controle maior na intervenção”, detalhou a administração municipal, também em nota.

Ainda segundo a Prefeitura, os funcionários contratados antes da intervenção, principalmente os motoristas, que fazem a maior operação da empresa, terão seus empregos mantidos.

“Futuramente, a Prefeitura de Caraguatatuba mudará trajetos e horários das linhas, conforme a necessidade dos moradores. Com a contratação de novos motoristas, será possível fazer, após a documentação e vistoria dos ônibus, o aumento da frota que circula no município.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta