Arraial do Cabo (RJ) exige ônibus municipais com passageiros sentados e proíbe entrada de veículos de turismo

Prefeitura quer restringir turismo. Felipe Gomes / Ônibus Brasil

Prefeitura atualizou decreto reforçando medidas de enfrentamento ao coronavírus

ALEXANDRE PELEGI

Arraial do Cabo, município da região dos lagos no Rio de Janeiro, apertou as medidas restritivas de combate ao coronavírus no município.

Pelo Decreto 3.274, nessa terça-feira, 16 de março de 2021, estão proibidos de entrar na cidade de veículos de médio e grande porte – ônibus, micro-ônibus e vans.

Por ser cidade de região costeira, o aceso de turistas é constante.

Outra decisão é quanto às embarcações de passeio náutico, que ficam limitadas a uma saída por dia.

Já os ônibus que atendem o transporte urbano só poderão circular com passageiros sentados.

Com as medidas, a prefeitura restringiu o acesso ao município aos moradores, trabalhadores e visitantes com QR Code.

Além disso, determinou que a lotação dos meios de hospedagem ficará limitada a 50% da capacidade.

Já os estabelecimentos comerciais permanecerão fechados entre 23h e 6h.

O Decreto determina que “enquanto perdurar no Município o estado de calamidade pública em virtude da pandemia” fica proibida a aglomeração nas orlas e areia das praias, barracas de ambulantes, quiosques, estabelecimentos comerciais, realização de shows e eventos em vias públicas e particulares, logradouros públicos e privados, além de uso de caixa de som portátil e similares em todo o Município.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta