Daimler e Volvo concluem processo de criação de joint venture de células de combustível

Grupo Volvo adquiriu 50% das participações da parceria na empresa Daimler Truck Fuel Cell GmbH & Co. KG por cerca de 0,6 bilhões de euros à vista e livre de dívidas. Foto: Divulgação. Assembly line for a fuel cell drive unit in Kirchheim-Nabern. The tightness of all the connections is checked once again for good measure. The circulation systems for the hydrogen, the air and the coolant are all checked.

Objetivo é utilização em ônibus e caminhões, entre outras aplicações

JESSICA MARQUES

O Grupo Daimler e o Grupo Volvo informaram nesta terça-feira, 09 de março de 2021, que concluíram a transação para a criação da joint venture, anunciada em 2020, que será voltada a células de combustível. O nome escolhido por ambas é “cellcentric GmbH & Co. KG”.

Para a criação da joint venture, o Grupo Volvo adquiriu 50% das participações da parceria na empresa Daimler Truck Fuel Cell GmbH & Co. KG por cerca de 0,6 bilhões de euros à vista e livre de dívidas.

O objetivo dos dois parceiros é tornar a nova empresa uma fabricante líder global de células de combustível. A utilização será em veículos pesados, como ônibus e caminhões, entre outras aplicações.

“A joint venture irá desenvolver, produzir e comercializar sistemas de células de combustível para veículos pesados e outras aplicações. O objetivo das duas empresas é começar com testes em clientes de caminhões com células a combustível em cerca de três anos e iniciar a produção em série durante a segunda metade desta década”, informaram os grupos, em nota.

O Grupo Daimler e o Grupo Volvo ressaltam que possuem participação igual na joint venture, mas continuam a ser concorrentes em todas as outras áreas, como tecnologia de veículos e integração de células de combustível em caminhões.

Em novembro de 2020, as duas empresas já haviam assinado um contrato de joint venture. Além disso, um acordo preliminar não vinculativo já havia sido firmado em abril do ano passado.

Relembre:

Volvo e Daimler (Mercedes-Benz) se unem para produção de células de hidrogênio para ônibus e caminhões

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta