Guarulhos (SP) autua 12 estabelecimentos em primeiro dia da fase vermelha

Durante fase vermelha, apenas serviços essenciais podem funcionar. Foto: Divulgação.

Atualmente, estão proibidos atendimentos presenciais; transporte coletivo opera normalmente

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, autuou 12 estabelecimentos no primeiro dia da fase vermelha. O balanço foi divulgado neste domingo, 07 de março de 2021.

Segundo o Executivo, 12 estabelecimentos, entre bares, adegas, padarias, restaurantes, salão de cabeleireiro e academia, foram autuados neste sábado (06) por descumprimento às determinações da fase vermelha do Plano São Paulo, do governo estadual.

Os estabelecimentos, que ficam nos bairros Jardim Presidente Dutra, Pimentas, Jardim Lenise, Jardim Ponte Alta e Taboão, estavam realizando atendimento presencial, o que não é permitido neste momento. Alguns geravam aglomerações, segundo a Prefeitura.

Em nota, o secretário de Desenvolvimento Urbano (pasta responsável pelas fiscalizações), Bruno Gersósimo, afirma que a intenção da fiscalização não é prejudicar o comerciante, mas sim fazer valer as regras. “Não temos outra opção. Precisamos e vamos fiscalizar para garantir que todos estão dentro das conformidades. Não queremos prejudicar ninguém com multas, mas se a pessoa não colaborar, não temos outro caminho”, disse.

FASE VERMELHA

Na fase vermelha do Plano São Paulo, atual classificação de Guarulhos e de todos os municípios do estado, apenas serviços essenciais como mercados, farmácias e equipamentos de saúde, entre outros, podem oferecer atendimento presencial ao público. Os demais comércios devem realizar vendas online e por telefone e realizar entregas ou disponibilizar a opção de retirada.

O transporte coletivo funciona normalmente na cidade, por ser considerado serviço essencial. A Prefeitura informou ao Diário do Transporte que, para evitar aglomerações, não existe, no momento, nenhum estudo para reduzir a frota, que hoje opera com 100% da sua capacidade. Os horários também não foram alterados.

Relembre:

Ônibus operam normalmente em Guarulhos (SP) durante restrição noturna determinada por Doria

A lista de serviços essenciais pode ser consultada no decreto 37.791/2021, publicado no Diário Oficial.

Confira:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Celso disse:

    Essa atitude do poder público é inconstitucional. Chega a ser uma ditadura disfarçada pra cercear liberdade do cidadão. Se precisam de mais leitos UTI porque não refazem hospital de campanha do ano passado!? É mais fácil trancar o povo. É um contrasenso pois 5 pessoas dentro de uma lanchonete é proibido, mas ônibus e metro lotados pode;!!?

    1. Sueli Miranda disse:

      Não adianta por leito não temos profissionais de saúde

  2. Luiz disse:

    Gostaria de saber se o civid 19 está impossibilitado de entrar nas redes de supermercado porquê os mercados só vivem cheios de pessoas mercados que não tem espaço físicos e ainda são lotados de mercadorias exposta em um palete quê o espaço é muito pouco para as pessoas se locomover só eles podem obter lucros quem sabe o vírus não estão dentro das redes de mercados com agremeracões e pouco espaços

  3. Alexandre Nascimento disse:

    Esse número, ao meu ver, é uma grande piada. Basta olhar mais a fundo, nos bairros, todos estão com suas portas “meio” abertas. Ninguém da nada. Alguns são pegos como uma forma simbólica de que algo está sendo feito. Triste e um tanto quanto duvidoso.

  4. SARAH QUETURA disse:

    É muita hipocrisia desse governador e prefeito, impedindo que as pessoas trabalhem, enquanto pequenas empresas estão falindo,o comércio varejista está crescendo e lucrando de forma absurda e abusiva, graças a instabilidade financeira que estamos vivendo,quer falar de aglomeração, vá aos mercados…onde não existe respeito ou disciplina,as pessoas que trabalham lá estão na linha de frente correndo o risco enorme, enquanto que o governo está focado nos lugares errados”INDIGNAÇÃO”.

  5. Marcos disse:

    Oque eu acho um absurdo é que vc não pode trabalhar, não pode abrir o seu comércio, mais vc pode e deve pagar seu IPTU, IPVA, CONTA DE ÁGUA, CONTA DE LUZ, fora muitas outras contas que temos, é revoltante isso!!!

  6. Vicente Quinoneiro Neto disse:

    Fraudemia do cavalo de troia 19

  7. Lierte Macedo Fonseca disse:

    Porque o pedágio não foi suspenso?
    Não é serviço essencial!
    Porque o jornalismo não pergunta para o Dória?

  8. Abner Prado disse:

    Governo de São paulo esta nas mãos de um lixo e a prefeitura de guarulhos ajudando o governo a terminar de afundar nós comerciantes da cidade.

  9. Florentino Lázaro Antunes disse:

    Na avenida brigadeiro faria lima de frente a padaria galles tem salão atendendo clientes és deixa a porta um pouco levantada pra que possam chamar e eles abrem , se é pra não atender tem que valer pra todos

  10. REINI EVANGELISTA ANTONIO CARLOS EVANGELISTA FERREIRA disse:

    Engraçado..ou melhor dizendo triste essa ditadura que só serve pros estabelecimentos…sendo que os ônibus e trens e metrô está mais cheios doque nunca esse tipo de aglomeração pode né

  11. AAS disse:

    Falta passar na Timóteo Penteado que tem bar funcionando normalmente com a porta baixada…..

  12. Genival Alves Brasil disse:

    E os ônibus lotados aí pode ter aglomeração

  13. Genival Alves Brasil disse:

    Prefeitura não tá nem aí pro povo que fechar comércio vai toma suco de caju.

  14. Maria bernadette Oliveira disse:

    Andar em transportes coletivos parecendo sardinhas enlatadas pode? Aí sim não tem problema algum. Ah eu havia esquecido o tal vírus é xique demais para andar de transporte público né, além do mais ele tb tem vontade própria porque sabe até a hora que deve ou não circular. Aff 🙄🙄🙄

  15. Maria bernadette Oliveira disse:

    Governador, Prefeito e CORONAVIRUS não passa de uma piada de muito mal gosto

  16. Sandra Maria da Silva disse:

    Não vejo tanto empenho para pegar bandidos🤬

  17. Sueli Miranda disse:

    Bom dia
    Aqui no final da Martins Júnior em frente à fábrica da tigre tem um campo de futebol que todos os sábados e domingos tem jogos de manhã e à tarde com direito a torcida churrasco e fogos. A gente chama a polícia municipal e a militar eles dizem que vem e não aparece às vezes passa até uma viatura mas nem para . Na praça 8 de sábado a feira de rolo funciona normal no começo da feira comum! Um absurdo pretendo chamar a imprensa no próximo fim de semana pois só assim eles vêm parar o jogo

Deixe uma resposta