First Bus opera double deckers a hidrogênio na Escócia e se compromete a não comprar ônibus a diesel após 2022

Frota é de 15 veículos, com investimento de 500 mil euros cada. Foto: Divulgação.

Projeto dos veículos de dois andares teve aporte de 8,3 milhões de euros, financiado pela Câmara Municipal de Aberdeen, governo escocês e União Europeia

JESSICA MARQUES

A primeira frota de ônibus movidos a hidrogênio do mundo foi colocada em operação pela First Bus, um dos maiores operadores do Reino Unido. Os veículos circulam nas ruas da cidade de Aberdeen, na Escócia, desde janeiro.

A operação dos ônibus movidos a hidrogênio é feita com 15 veículos double decker (de dois andares). O projeto contou com um investimento de 8,3 milhões de euros e foi financiado pela Câmara Municipal de Aberdeen, pelo governo escocês e pela União Europeia.

Para cada veículo, foi investido cerca de 500 mil euros. Os ônibus utilizam uma estação que produz e abastece hidrogênio, inaugurada em 2015. A empresa informou que o abastecimento é feito em menos de 10 minutos.

COMPROMETIMENTO

Além disso, em 22 de fevereiro, a empresa divulgou um comunicado reforçando o comprometimento assumido de não comprar ônibus a diesel após 2022. Assim, a First Bus prevê que até 2035 toda a operação será realizada por ônibus com zero emissão de poluentes.

Em decorrência do compromisso, a empresa firmou uma parceria com a Arrival, que cria veículos elétricos utilizando novas tecnologias. Juntas, as companhias vão testar um ônibus com zero emissões a partir de setembro, nas principais rotas do Reino Unido. Relembre:

Fabricante Arrival testará seu novo ônibus elétrico no Reino Unido neste outono

O veículo, de um andar, possui apenas uma porta na parte da frente e capacidade para 36 passageiros sentados. O piso é plano, para promover maior acessibilidade e mais espaço para que as pessoas viagem em pé.

Ônibus com zero emissões será testado durante o outono do Reino Unido. Foto: Divulgação / First Bus.

O ônibus possui até 310,8 kWh de capacidade de armazenamento de energia com a opção de carga CA (corrente alternada) e CC (corrente contínua).

A First Bus já desempenha um papel de liderança na operação de veículos de baixa ou zero emissões, com ônibus elétricos em Leeds, Glasgow, na Escócia. Também possui a maior frota Park & ​​Ride (estacione e embarque) elétrica do país em York e uma forte frota de ônibus a biometano em Bristol.

“Hoje é um dia importante na transição para um ecossistema de transporte mais sustentável e focado no usuário e estamos entusiasmados em parceria com a First Bus neste teste e para as pessoas experimentarem o ônibus da Arrival em vias públicas”, disse Avinash Rugoobur, presidente da empresa, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta