Transporte deve operar com diminuição da capacidade de passageiros por viagem em Santa Catarina

Medida altera o limite de passageiros nos ônibus tanto locais como entre cidades e estados. Foto: Divulgação SECOM/Santa Catarina

Medida faz parte de uma série de determinações do Governo de Santa Catarina para o enfrentamento à pandemia de covid-19

WILLIAN MOREIRA

Entraram em vigor nesta quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021, novas medidas de combate à pandemia do vírus da covid-19 no estado de Santa Catarina, com regras no funcionamento do transporte, rede de ensino, comércio, setor de eventos e bares e restaurantes.

Com o objetivo de diminuir o crescimento da pandemia e dos casos registrados nos municípios catarinenses, o decreto n° 1.168 publicado nessa quarta (24), estendeu o estado de calamidade pública até 30 de junho e deu às prefeituras autonomia para impor regras mais restritivas em relação ao decreto, caso seja necessário.

Com validade de 15 dias, o documento determina que os transportes coletivos municipal, intermunicipal e interestadual ficam limitados a levar em cada viagem até 50% dos passageiros sentados. A determinação é válida para qualquer nível de classificação das cidades.

Entretanto, na manhã desta quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021, em diferentes cidades, passageiros relataram ônibus lotados.

Já no setor de comércio como padarias, lanchonetes, pizzarias, casas de sucos, shoppings e academias devem funcionar das 6h às 23h59, mas a partir das 23h deve ser proibida a entrada de novos consumidores ou clientes.

Parques, praças, jardins botânicos e espaços públicos não podem ter aglomerações.

Veja abaixo o decreto na íntegra:

 

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta