Atendimento do Poupatempo muda com novas fases da quarentena do Plano São Paulo

Ônibus metropolitano na Grande São Paulo com destino a uma unidade do Poupatempo

As unidades em regiões na fase vermelha vão ficar fechadas até a próxima reclassificação

ADAMO BAZANI

Quem necessita de serviços do Poupatempo no Estado de São Paulo deve estar atento porque o atendimento mudou com a nova reclassificação das regiões no plano de quarentena para conter o avanço da covid-19, que entrou em vigor nesta segunda-feira, 25 de janeiro de 2021.

As unidades que ficam em regiões que foram colocadas na fase vermelha do Plano São Paulo, a de restrição máxima, ficarão fechadas até nova reclassificação, sem atendimento presencial.

As regiões são Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Sorocaba e Taubaté. Os agendamentos que tinham sido feitos para a partir desta segunda-feira (25) foram cancelados automaticamente.

Já os demais 53 postos do Poupatempo instalados em cidades que estão na fase laranja permanecerão funcionando, mas só vão atender mediante agendamento, com capacidade reduzida e seguindo os protocolos sanitários aderentes ao plano estadual.

Por isso, o atendimento acontecerá de segunda a sexta-feira, no horário habitual de cada unidade.

Não haverá atendimento presencial aos sábados (30/01 e 06/02), dias em que todo o Estado estará na fase vermelha.

O QUE PODE FUNCIONAR?

Na fase mais restritiva (vermelha), somente atividades essenciais — como supermercados e farmácias — poderão funcionar. Bares, restaurantes, padarias e similares poderão trabalhar apenas com sistema de delivery, drive-thru e take away (retirada); todas as demais atividades devem estar fechados para atendimento ao público.

Os transportes públicos, sejam coletivos ou individuais, podem funcionar também, o que inclui carros de aplicativo, táxis, vans, monotrilho, VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), trem da CPTM, metrô, micro-ônibus, ônibus urbanos municipais, ônibus metropolitanos (EMTU), trólebus em Santos, trólebus da capital paulista (SPTrans), trólebus metropolitanos (Corredor ABD – Metra/EMTU), ônibus suburbanos (Artesp), ônibus rodoviários intermunicipais (Artesp), ônibus rodoviários interestaduais (ANTT), ônibus rodoviários internacionais (ANTT) e ônibus de fretamento (EMTU/Artesp/ANTT).

Já na etapa laranja, academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, comércios, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais podem funcionar por até oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade e encerramento às 20h. O consumo local em bares está proibido.

A venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência só pode ocorrer entre 6h e 20h. Somente a partir da fase verde, a mais branda, é que essa comercialização poderá voltar a ser feita sem as restrições atuais.

Confira quais são os postos das regiões que passaram para a Fase Vermelha, a partir de 25/01:
Barretos: Barretos e Bebedouro.

Bauru: Avaré; Bauru; Botucatu; Jahu; Lençóis Paulista e Lins.

Franca: Franca.

Marília: Assis; Marília; Ourinhos e Tupã.

Presidente Prudente: Dracena e Presidente Prudente.

Sorocaba: Itapetininga; Itapeva; Itu; Salto; Sorocaba e Tatuí.

Taubaté: Caraguatatuba; Guaratinguetá; Jacareí; Pindamonhangaba; Piquete; São José dos Campos e Taubaté.

É importante destacar que o portalwww.poupatempo.sp.gov.bre o aplicativo Poupatempo Digital oferecem mais de 120 opções de serviços online, que podem ser feitos sem sair de casa, 24 horas por dia, 7 dias por semana. De agosto a dezembro, cerca de 70% dos atendimentos oferecidos pelo programa foram feitos pelas plataformas digitais. Foram 7,5 milhões de atendimentos, sendo 5,2 milhões on-line.
Pelos canais digitais também é possível agendar atendimento presencial, nos postos localizados na fase laranja.
Devido à redução na capacidade de atendimento, as unidades oferecem apenas serviços que dependem da presença do cidadão para serem concluídos, como primeira via do RG, transferência interestadual e mudança na característica de veículo. Para conferir os endereços e horários de atendimento de cada unidade, basta acessar o portal ou aplicativo do programa.
Entre os serviços digitais mais solicitados, estão, renovação e segunda via de CNH, licenciamento e transferência de veículo, Atestado de Antecedentes Criminais e Carteira de Trabalho, tudo prático e rápido, com a mesma qualidade e eficiência que são marcas do Poupatempo.

Informações complementares: 

Tutoriais (vídeos) 

Para facilitar a vida das pessoas que têm dúvidas sobre como realizar serviços de forma online, o portal do Poupatempo (www.poupatempo.sp.gov.br) oferece vídeos que ensinam o passo a passo dos atendimentos digitais mais procurados nos canais do programa. A série, com 14 tutoriais, está disponível também no Youtube, nowww.youtube.com/poupatemposp.
Com vídeos curtos e dinâmicos, os cidadãos têm à disposição conteúdos sobre os serviços oferecidos pelo Governo de São Paulo, além de orientações sobre como baixar o aplicativo Poupatempo Digital no celular de maneira rápida e prática. Entre as opções de atendimentos disponíveis online, estão solicitação de Atestado de Antecedentes Criminais, seguro-desemprego, Carteira de Trabalho Digital, renovação de CNH, licenciamento, liberação de veículos, serviços da Secretaria de Educação, CDHU, entre outros.
Segunda via de RG 

Quem precisa emitir a segunda via do RG já pode usar os meios digitais para obter o documento sem precisar comparecer ao atendimento presencial. Pelos totens de autoatendimento do Poupatempo ou no aplicativo RG Digital SP, da Polícia Civil, o cidadão pode solicitar uma nova Carteira de Identidade com conforto e segurança, sem necessidade de aguardar disponibilidade de agendamento nos postos para emissão.
Os totens estão disponíveis em estações do metrô e da CPTM, shoppings centers, supermercados, e unidades do Descomplica SP, por exemplo, durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos. Os endereços estão no portalwww.poupatempo.sp.gov.br, na opção Locais de Atendimento.

Já o aplicativo RG Digital SP está disponível para ser baixado gratuitamente no celular, tanto na Google Play quanto na App Store.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta