Diário no Sul

Governo do Rio Grande do Sul assina contrato de viabilidade para o primeiro hyperloop da América Latina

Ideia é sistema ligar capital Porto Alegre a Serra, com velocidade que pode atingir 1.200 km/h

ALEXANDRE PELEGI/WILLIAN MOREIRA

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul por meio da Sict (Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia) assinou com a empresa de transportes globais HyperloopTT um acordo de estudo para viabilizar um futuro transporte de alta velocidade entre Porto Alegre e Serra.

O transporte envolve passageiros e cargas.

De acordo com comunicado à imprensa, o estudo será o primeiro para um sistema hyperloop na América Latina, e conta com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A celebração do acordo será realizada em evento na tarde desta terça-feira, 19 de janeiro de 2021, às 14h, com a participação do governador Eduardo Leite, do secretário Luís Lamb e do fundador e presidente da HyperloopTT, Dirk Alhborn, entre outros.

A transmissão será feita ao vivo no canal do governo do Estado no Youtube.

Como mostrou o Diário do Transporte, a Hyperloop Transportation Technologies anunciou em 2 de outubro de 2018 a finalização da construção da primeira cápsula de passageiros em escala real.

O equipamento, chamado de Quintero One, foi produzido na Espanha e é feito em sua maioria de Vibranium, um composto inteligente de camada dupla desenvolvido pela empresa.

O sistema hyperloop funciona com tubos de vácuo com amortecedores magnéticos. Viajando dentre desses tubos os trens evitariam a desaceleração pela pressão do ar ou pelo atrito das rodas com os trilhos, ficando mais rápidos e mais baratos de operar.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes e Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    1200 km/h? Aí eu vomitava.Mas no país do crime pode apostar que a propina vem aí.Nesse país sem legitimidade nenhuma,onde tudo só funciona à base do “jeitinho”, do ilícito e da propina,tudo é possível como um passe de mágica,pode crer.

  2. Rafael disse:

    Pronto, encontraram uma porcaria que não funciona pra queimar o dinheiro público. Enquanto isso os “gênios” por trás dessas ciências inexatas lucram as custas de ignorantes.

Deixe uma resposta