Metrô de São Paulo prorroga contrato com a Autopass por mais seis meses

Sistema de QRCode

Empresa de bilhetagem e tecnologia receberá R$ 218 mil pela ampliação do prazo de contratação

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

O Metrô de São Paulo estendeu por mais seis meses o contrato que possui com a empresa Autopass, responsável pelo sistema de bilhetagem eletrônica nos transportes metropolitanos.

Segundo publicação no Diário Oficial desta terça-feira 5 de janeiro de 2021, a ampliação deste prazo contratual até 30 de junho de 2021 e é acompanhada de um acréscimo em R$ 218.475,78.

Em nota ao Diário do Transporte, a Autopass informou que a prorrogação se refere a um contrato para uso dos espaços físicos das estações.

A Autopass esclarece que a prorrogação do contrato é referente a utilização dos espaços físicos nas estações para comercialização dos créditos eletrônicos do Cartão BOM, onde hoje encontram-se instaladas as máquinas de autoatendimento (ATMs).

O valor mencionado da outorga é pago pela Autopass ao Metrô em contrapartida à cessão do espaço. O contrato citado não refere-se ao projeto do Bilhete Digital QR Code (aplicativo TOP).

 

Além de atuar no Metrô, CPTM e EMTU, com o Cartão BOM, a empresa está a frente do recém-chegado sistema de pagamentos da tarifa por plataforma digital via QR Code em papel impresso e aplicativo de celular.

O aplicativo TOP pode ser baixado gratuitamente em celulares de sistema iOS e Android por meio de lojas virtuais Google Play e App Store, e deve gradualmente ocupar o uso dos bilhetes tradicionais de tarja magnética (Edmonson).

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/12/11/cptm-e-metro-apresentam-novo-aplicativo-de-compra-de-qr-code-para-pagamento-de-passagens/

Atualmente o aplicativo é aceito em estações da CPTM e Metrô, mas deverá no futuro também ser utilizado nos ônibus intermunicipais substituindo o Bilhete BOM, conforme afirmou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, ao Diário do Transporte durante coletiva de imprensa em dezembro de 2020.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/12/14/audio-onibus-gerenciados-pela-emtu-tambem-vao-aceitar-o-qr-code-e-o-aplicativo-top-diz-baldy/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes e Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta