Salvador inicia operação de ônibus elétricos da BYD nesta quinta (29)

Anúncio foi feito em live do governador nas redes sociais. Foto: Reprodução.

Governador Rui Costa prometeu um incentivo fiscal para as empresas que optarem pelo uso de veículos não poluentes

WILLIAN MOREIRA / JESSICA MARQUES

O transporte coletivo de Salvador, na Bahia, ganha nesta quinta-feira, 29 de outubro de 2020, dois ônibus elétricos para a operação na linha entre a Estação Pirajá do Metrô e a Ilha de são João.

A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa, em live nas redes sociais nesta terça (27). Trata-se de um projeto piloto contando com 5 veículos da fabricante BYD e mais um movido a GNV (gás natural veicular) e biometano produzido pela Scania.

Os veículos elétricos irão atender a demanda durante obras do VLT do Subúrbio, que inclusive ficou a cargo de um consórcio liderado pela BYD.  O objetivo é facilitar a mobilidade durante o período de obras do modal ferroviário.

O Consórcio Skyrail Bahia, liderado pela empresa BYD Brasil e com participação da Metrogreen apresentou proposta no modelo de Parceria Público Privada (PPP). Relembre: Consórcio liderado pela BYD Brasil vence licitação para implantação e operação do VLT do Subúrbio de Salvador

Rui Costa informou que estará na viagem inaugural e enfatizou a possibilidade de empresas de ônibus que atuam no transporte metropolitano e intermunicipal também adotarem o uso de ônibus não poluentes, explicando que este modelo da fabricante chinesa também tem versão intercidades, além da urbana apresentada.

O trajeto de 13,2 quilômetros da viagem começa na estação de ônibus de Pirajá, acessa a BR-324 (no sentido Centro) e segue pela Ligação Pirajá/Lobato.

Além disso, o governador prometeu um incentivo fiscal para os empresários que escolherem o uso de veículos de emissão zero.

“Nós faremos todo o esforço, inclusive de incentivo fiscal para as empresas substituam sua frota. Estamos cuidando da saúde da população e cuidando do meio ambiente, ao não poluir”, disse o governador.

Os novos ônibus da BYD são acessíveis, com ar-condicionado, e têm capacidade para transportar 33 pessoas sentadas e 41 em pé.  São movidos à bateria de fosfato ferro-lítio, e possuem 250 quilômetros de autonomia, o que permite que eles rodem o dia inteiro, retornando para a garagem à noite, onde são recarregados.

Segundo o diretor da divisão de ônibus da BYD Brasil, Marcello Von Schneider, por meio de nota, uma das características dos ônibus é o maior nível de conforto.

“O passageiro vai ter à disposição um ônibus novo, refrigerado, muito silencioso e com baixa trepidação”.

Na mesma nota, Schneider destacou a importância da adoção de ônibus elétricos para o meio ambiente.

“Os veículos a combustão são responsáveis por um grande percentual da poluição nos grandes centros urbanos. Sendo assim, a substituição por uma energia limpa, não só melhora a qualidade do ar nas cidades como impacta diretamente na saúde da população. Além disso, o custo operacional menor viabiliza a operação economicamente”.

ÔNIBUS A GÁS

Começou a circular em Salvador, na última quarta-feira (21), o primeiro ônibus movido a GNV (gás natural veicular) e biometano. A chegada do veículo na capital baiana faz parte de uma ação experimental que envolve a Bahiagás, Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e a montadora Scania.

Até esta segunda-feira (26), o ônibus fez o trajeto Aeroporto – Praia do Forte, nos horários das 6h e 15h, com tarifa de R$ 8,10.

Neste caso, o ônibus tem capacidade para 110 passageiros, com ar-condicionado, plataforma elevatória e assento especial para deficientes visuais acompanhados de cão-guia.

De acordo com o gerente comercial da Scania, Igor Sotero, o veículo é 20% mais silencioso do que outros modelos do gênero. “Comparado com um veículo a diesel, este ônibus tem cerca de 20% a menos de custo por quilômetro rodado. Além disso, chega a 80% a menos de expurgação de materiais particulados e de dióxido nitroso”, pontuou.

O veículo já passou por São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Rio de Janeiro. Após operar em Salvador, o veículo seguirá para o estado do Paraná.

Relembre: Salvador e região terão projeto-piloto de ônibus elétricos e a gás

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta