Linha 11-Coral opera com lentidão na noite desta terça-feira (29)

Publicado em: 29 de setembro de 2020

Passageiros aguardam em plataforma lotada na estação Brás o trem sentido Guaianases. Foto: Rafael Moraes/Reprodução Twitter.

Novamente a companhia limitou-se a responder queixas individuais nas redes sociais, sem divulgar alteração em perfis oficiais

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

Passageiros da Linha 11-Coral da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) enfrentam trens lotados e aglomerações. O problema ocorre em especial na estação Luz, na capital paulista, no começo da noite desta terça-feira, 29 de setembro de 2020.

Conforme informado pela companhia em uma resposta no Twitter, um trem apresentou falha no Brás no sentido Luz, o que afetou a circulação de todos os trens que vêm atrás. O problema já foi resolvido a operação está sendo regularizada.

O Diário do Transporte questionou a CPTM sobre o motivo de não informar oficialmente em seus canais a respeito do problema na operação.

Em nota, a companhia informou que “por volta das 18h desta terça-feira (29), um trem da linha 11-Coral da CPTM apresentou uma falha no sistema de freios e os passageiros foram desembarcados na estação Luz. O trem foi recolhido e encaminhado para manutenção. A CPTM pede desculpas aos passageiros pelos transtornos”.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA VEM SE REPETINDO

Não é a primeira vez que a CPTM tem falha e o passageiro não é informado de forma espontânea pelo aplicativo ou site da empresa, o que poderia permitir que o usuário se programasse melhor.

Em 14 de setembro de 2020, em plena pandemia de Covid-19, passageiros ficaram aglomerados nas plataformas da linha 11-Coral.

Os trens circularam com maiores intervalos entre as estações Luz e Estudantes pelo menos das 17h até às 18h, porém sem qualquer informação espontânea ao passageiro pelo aplicativo e site.

Usuários reclamaram nas redes sociais questionando sobre a demora dos trens, aglomerações nas plataformas em plena pandemia e falta de informação, porém a companhia não se pronunciou pelo menos até às 18h37 em sua conta no Twitter, quando foi interpelada por passageiros.

Nas respostas, somente depois a CPTM informou que houve um problema com equipamento de via na estação Luz, resolvido às 17h50 e colocando a operação em processo de normalização.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/09/14/linha-11-coral-opera-por-mais-de-uma-hora-com-problemas-e-cptm-nao-comunica-espontaneamente/

Já no dia 25 de fevereiro de 2020, por causa de uma chuva forte, a linha 10 – Turquesa, por volta das 21h, continuava com lentidão nas proximidades da Estação Rio Grande da Serra.

Usuários, em redes sociais, reclamaram que o aplicativo oficial da empresa, assim como o site, mostravam que a operação estava normal em todas as linhas e chegaram a escrever no Twitter da empresa que o fato representava transparência zero”.

Diário do Transporte acompanhou estes canais oficiais durante os problemas nas linhas e constatou que o aplicativo e o site mostravam “operações normais”

Questionada, a CPTM alegou que o aplicativo e o site mostravam operações normais porque “o intervalo nas linhas não teve alteração total”

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/02/25/linhas-11-e-12-normalizam-e-10-ainda-com-problemas-cptm-diz-que-informou-mas-aplicativo-e-site-oficiais-nao-mostraram-alteracoes-em-nenhum-momento/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes e Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta