TRATON, da Volkswagen, aumenta oferta para assumir Navistar

Publicado em: 14 de setembro de 2020

Um dos modelos da Navistar

Empresa norte-americana produz caminhões, veículos de defesa e ônibus, entre os quais, modelos dos famosos escolares norte-americanos . Já o Grupo TRATON reúne a empresa de tecnologia RIO e as fabricantes de veículos pesados MAN, Scania e Volkswagen Caminhões & Ônibus

ADAMO BAZANI

A TRATON, holding do Grupo Volkswagen de veículos pesados, aumentou a oferta por ação para assumir o controle da norte-americana Navistar, que produz caminhões, veículos de defesa e ônibus, entre os quais, modelos dos famosos escolares norte-americanos.

Atualmente, a TRATON possui 16,8% da Navistar Internacional, que tem sede em Lisle, em Illinois.

Como mostrou o Diário do Transporte, em 05 de fevereiro de 2020, na época, a holding ofereceu US$ 35 por ação até deter todas as ações ordinárias em circulação. O valor, segundo a TRATON, é 19% superior à cotação de mercado. Na ocisão, o CEO da Traton, Andreas Renschler, disse em comunicado à imprensa que a intenção é finalizar o negócio até dezembro de 2020.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/02/05/traton-deve-comprar-a-americana-navistar/

Agora, em setembro de 2020, a TRATON ofereceu US$ 43 por ação, o que aumentaria seu capital em 23% na Navistar.

Com isso, a oferta passou de US$ 2,9 milhões para US$ 3,6 bilhões.

TRATON e Navistar já têm cooperações em desenvolvimentos de novos modelos de ônibus e caminhões, em especial, elétricos.

Nesta segunda-feira, 14 de setembro de 2020, o Conselho de Administração da Navistar informou que recusou a proposta, mas que a oferta pode ser considerada um ponto de partida para as negociações. O conselho ainda entendeu que a oferta subestima o potencial da Navistar.

“O Conselho de Administração da Navistar, após consideração cuidadosa com a assistência de seus consultores financeiros e jurídicos, concluiu por unanimidade que, embora a proposta revisada da Traton de $ 43,00 por ação subestime significativamente a Empresa e as sinergias substanciais de uma combinação, ela representa um ponto de partida para mais explorando a possibilidade de uma transação” – diz o comunicado.

As negociações devem continuar.

A compra é estratégica para a holding da Volkswagen ampliar sua participação global e sua posição de gigante do segmento de veículos pesados.

A TRATON reúne a empresa de tecnologia RIO e as fabricantes de veículos pesados MAN, Scania e Volkswagen Caminhões & Ônibus.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta