Depois de mais de três horas com lentidão, linhas do Metrô de São Paulo começam a normalizar a operação

Publicado em: 11 de setembro de 2020

Trem na Estação da Luz por volta de 14h30

Um problema relacionado à sinalização na região da estação Tiradentes, da linha 1-Azul, interferiu também nas linhas 2-Verde e 3-Vermelha

ADAMO BAZANI

As linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha do Metrô de São Paulo começaram a entrar em processo de normalização por volta de 14h40 desta sexta-feira, 11 de setembro de 2020, depois de mais de três horas operando com maior tempo de parada e velocidade reduzida.

Segundo a companhia do Metropolitano, uma “interferência na via” na região da Estação Tiradentes  da linha 1-Azul causou o transtorno.

Trens e estações ficaram lotados.

O problema começou por volta de 11h30.

Passageiros relataram intervalos de mais de 20 minutos entre os trens e que baldeação com a linha 3- Vermelha foi interrompida.

Por volta de 12h, as linhas 2-Verde e 3 Vermelha passaram a operam com velocidade reduzida por causa das restrições da 1-Azul.

Por volta de 12h30, segundo a assessoria de imprensa do Metrô, ônibus da operação PAESE – Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência foram acionados.

Os ônibus passaram a atender o trecho entre as estações Liberdade e Tucuruvi como alternativa de trajeto, já que os trens operam em uma única via. Em contato telefônico para o Diário do Transporte, a companhia não deu um prazo para normalizar a circulação.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta