Santo André recebe sugestões online para Plano de Mobilidade

Publicado em: 17 de agosto de 2020

Prefeitura quer PlanMob instituído em lei. Foto: Adamo Bazani.

Prefeitura também está realizando escutas setoriais e audiências públicas para elaboração do documento

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, está recebendo sugestões online para a elaboração do PlanMob (Plano de Mobilidade). A administração municipal também está realizando escutas setoriais e audiências públicas para a elaboração do documento.

A população pode enviar mensagens com dúvidas, críticas ou sugestões para a equipe responsável pela elaboração do plano por meio do site planmobsantoandre.com.br. No portal, é possível utilizar um formulário eletrônico ou ChatBot, que interage por meio de perguntas e respostas automáticas.

ESCUTAS SETORIAIS

Além disso, a Prefeitura deu início em 29 de junho a uma série de escutas setoriais. A previsão é de que as reuniões sejam finalizadas ainda em agosto. Por conta da pandemia de Covid-19, os encontros estão sendo feitos online.

Nesta segunda-feira, 17 de agosto de 2020, a equipe ouviu os jornalistas da imprensa regional. O Diário do Transporte também participou do encontro virtual, a convite da Prefeitura.

Ao todo, serão 15 escutas setoriais, resultando em mais de 100 representantes de diferentes entidades. O objetivo é contemplar associações, sindicatos, universidades, órgãos de imprensa, órgãos estaduais e outros departamentos da Prefeitura.

“Os planos são importantes instrumentos de planejamento, mas por si só não têm uma efetividade se não tiver vontade dos gestores em implementar as ações previstas. A nossa ideia é que o plano seja instituído em lei. A ideia é que ao final de todo o plano, a gente transforme as principais diretrizes e propostas em lei, para que isso não se limite aos quatro anos de gestão e realmente seja um instrumento legal cobrado pela sociedade, independente do governo que esteja atuando”, afirmou a secretária adjunta de Mobilidade Urbana, Andrea Brisida, durante a reunião.

“Infelizmente, se a sociedade também não se apropriar do plano e cobrar dos gestores que executem o plano, ele não terá a função que nós esperamos. O fato de estarmos ouvindo a sociedade em diversos segmentos é para que a sociedade se enxergue nesse plano e possa cumprir seu papel, cobrar e buscar a implementação futura nele”, completou.

PRÓXIMOS PASSOS

De acordo com a Prefeitura, após a análise das escutas, serão consolidados os principais problemas da mobilidade na região, suas causas e efeitos. Além disso, serão levantados os pontos de maior relevância, bem como as concordâncias e discordâncias entre as visões dos diversos segmentos consultados.

“Estes apontamentos servirão como base para outras duas atividades de participação social: a primeira, ainda com caráter de compreensão da problemática, uma Audiência Pública de Diagnóstico, que será aberta a participação de toda a sociedade”, detalhou a Prefeitura, em nota.

“A segunda, uma série de Workshops de Consolidação do Diagnóstico, que serão realizados com esses mesmos agentes para definição dos objetivos e diretrizes que deverão nortear a formulação dos cenários de intervenção do PlanMob e suas avaliações econômico e sociais”, informou também.

APLICATIVO

Além disso, durante a reunião desta segunda-feira, a secretária afirmou que os passageiros de Santo André terão um novo aplicativo que mostra o horário de chegada dos ônibus municipais.

Relembre: Santo André terá novo aplicativo que mostra horário de chegada dos ônibus

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta