BYD entrega primeiras unidades de 22 ônibus elétricos para operadores de transporte da Alemanha

Publicado em: 11 de agosto de 2020

Ônibus são para Bochum-Gelsenkirchener Straßenbahnen e HCR (Straßenbahn Herne-Castrop-Rauxel. Foto: Divulgação.

Todos são veículos de 12 metros e marcam entrada da fabricante no mercado alemão

JESSICA MARQUES

A BYD entregou as primeiras unidades de 22 ônibus elétricos para operadores de transporte da Alemanha. Conforme informado nesta terça-feira, 11 de agosto de 2020, os veículos foram adquiridos pelas empresas Bochum-Gelsenkirchener Straßenbahnen e HCR (Straßenbahn Herne-Castrop-Rauxel).

A entrega foi considerada um marco para a BYD, que chega ao mercado da Alemanha. Em nota, a empresa informou que apesar das recentes restrições devido à pandemia de Covid-19, as entregas se mantêm dentro do cronograma, previstas serem finalizadas em outubro de 2020.

Em dois eventos simultâneos na última sexta-feira, o primeiro ônibus BYD 100% elétrico da Alemanha foi apresentado em Gelsenkirchen ao prefeito da cidade, Frank Baranowski. Na sequência, o prefeito da cidade de Bochum, Thomas Eiskirch recebeu o segundo veículo.

A nova frota é composta por ônibus elétricos de 12 metros da BYD, livre de emissões, que entrará em serviço no estado alemão de North Rhine-Wesphalia, na rota 380 em Gelsenkirchen e na rota 354 em Bochum.

Segundo a BYD, o veículo oferece capacidade para 80 passageiros e possui uma autonomia de mais de 200 quilômetros. “A nova frota de 22 veículos dará uma contribuição substancial para a melhoria da qualidade do ar na área densamente povoada de Gelsenkirchen, Bochum e Herne”, informou a BYD, em nota.

“Como fabricante de máscaras faciais e produtos de higiene, a BYD também está doando uma remessa de máscaras faciais para serem usadas pelos passageiros, conforme as normas de higiene estabelecidas pelas operadoras. Desta forma, a BYD mantém seu compromisso de produzir equipamentos de EPI e contribuir para a segurança do transporte público em toda a Europa”, informou também a fabricante.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta