Diário no Sul

Marcopolo apresenta na Argentina primeiro ônibus rodoviário com tecnologia Biosafe

Modelo é equipado com luz UV-C para desinfecção do sanitário, cortinas antimicrobianas e dispensers de álcool em gel nas portas de acesso. Crédito das imagens: Edypo Alaniz

Modelo é o Paradiso New G7 1800 DD

ALEXANDRE PELEGI

A Argentina será o primeiro país, além do Brasil, a conhecer o ônibus rodoviário com diferentes soluções Marcopolo BioSafe, plataforma que apresenta serviços e soluções desenvolvidas para tornar o transporte coletivo mais seguro contra contaminações de vírus, incluindo o da covid-19, e bactérias.

Com 14 metros de comprimento, o modelo a ser apresentado aos clientes argentinos será o Paradiso New G7 1800 DD.

O modelo é equipado com luz UV-C para desinfecção do sanitário, cortinas antimicrobianas e dispensers de álcool em gel nas portas de acesso.

Com capacidade para transportar 60 passageiros, 48 poltronas semileito no piso superior e 12 leito no piso inferior, todas com entradas USB, o veículo possui ainda controles individuais de iluminação e saídas de ar-condicionado.

André Armaganijan, diretor de Estratégia e Negócios Internacionais da Marcopolo, explica que o objetivo da fabricante é apresentar o veículo para as agências sanitárias e de saúde, “além de entidades responsáveis pelo transporte rodoviário de passageiros”.

A apresentação se dará em parceria com o Grupo Fênix, representante comercial da marca no país e um dos principais grupos empresariais do setor de transporte.

André Armaganijan explica que a parceria está alinhada com a estratégia da Marcopolo para oferecer aos clientes soluções de biossegurança, serviços de excelência e contribuir com a adoção das melhores práticas para reconquistar a confiança dos passageiros.

Na primeira Live do Diário do Transporte, realizada em parceria com a RTI (Associação Rio-Grandense de Transporte Intermunicipal do Rio Grande do Sul), na última quarta-feira, 1º de julho de 2020, Rodrigo Pikussa, Diretor de Negócio Ônibus Brasil da Marcopolo, explicou os avanços obtidos agora hoje com pesquisa e inovação, em especial com a plataforma Marcopolo BioSafe. Relembre aqui o encontro, que contou também com as presenças de Carlos Bernaud, diretor de Operações do Grupo Ouro e Prata, e Hugo Fleck, presidente da RTI.

A Marcopolo testou a solução de biossegurança em ônibus em parceria com a Viação Ouro e Prata, operadora de transporte do Rio Grande do Sul. Relembre: Marcopolo testa solução de biossegurança em ônibus em parceria com a Viação Ouro e Prata

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta