Live do DT: Para diretor da Marcopolo, transporte rodoviário tem que se reinventar e a chave é a Inovação

Publicado em: 1 de julho de 2020

Rodrigo Pikussa afirma que o setor tem de agir rapidamente, para saber o que funciona e o que não funciona, e ser capaz de corrigir também com rapidez. “Não podemos pecar por não fazer”

ALEXANDRE PELEGI 

Como o setor de transporte rodoviário está se preparando para a retomada do setor no pós-pandemia da Covid-19? O que fazer, e como fazer, para enfrentar o desafio da insegurança do cliente/passageiro dos ônibus? Quais ações já foram testadas e implantadas?

O Diário do Transporte reuniu nesta quarta-feira, 1º de julho de 2020, às 17 horas, um seleto grupo de participantes do Rio Grande do Sul para dar início a uma série de bate-papos sobre a atual situação do segmento, diante do enorme desafio de superar a maior crise por ele já enfrentada.

Nossa primeira Live começou pelo sul do país, reunindo Rodrigo Pikussa, Diretor de Negócio Ônibus Brasil da Marcopolo; Carlos Bernaud, diretor de Operações do Grupo Ouro e Prata, que já realizam parcerias com este objetivo; e Hugo Fleck, presidente da Associação Rio-Grandense de Transporte Intermunicipal (RTI), que foi nossa parceira nessa ação.

Para Rodrigo Pikussa, a Marcopolo optou por agir. Lembrando um lema das startups, “errar rápido, mudar mais rápido ainda e testar de novo até acertar“.

Hugo Fleck, pela RIT, destacou as ações que as empresas têm feito no estado buscando reverter a perda de passageiros, sempre atuando com proatividade,

Carlos Bernaud destacou os desafios, e ao lado deles o que a Ouro e Prata tem feito em parceria com outros parceiros para garantir uma maior fidelização e segurança de seus passageiros.

Um ponto que foi muito comentado foi a desinformação, que tem servido para demonizar o transporte por ônibus, tratando-0 indevidamente como um vetor de disseminação do coronavírus. Pikussa anunciou que em breve o setor de transporte, com a participação das entidades do setor (NTI e ABRATI), dará início a uma ampla campanha de esclarecimento, quebrando mitos construídos durante o momento agudo da pandemia.

O Diário do Transporte, por meio de seu canal no Youtube, vai programar novas lives a partir de agora, com o foco nos esforçoes das empresas de transporte e de toda a cadeia de fornecedores, visando ultrapassar essa fase crítica.

Assista o vídeo da Live desta 4ª-feira na íntegra, a partir do 15º minuto:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Alberto Alecio Batista disse:

    Os viajantes do espaço neste retorno ao ‘normal’ estarão preocupados com a possibilidade de infecção e a tendência é o lazer por terra o que tende a aumentar as viagens por carro e ônibus. Se as operadoras garantirem a segurança com um marketing promocional inteligente, incluindo parcerias com hotéis e resorts, será a saída para retomada e recuperação do setor.

Deixe uma resposta