Sistema de ônibus em São Paulo terá 92% da frota nesta quarta (10) com 11.828 veículos em circulação, diz SPTrans

Ministério Público, Defensoria Pública e Sindicato de Motoristas querem já 100% da frota

Em resposta ao Diário do Transporte, SPTrans diz que serão colocados 1.705 coletivos a mais

ADAMO BAZANI

O sistema de ônibus municipais da capital paulista terá em circulação nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020, 92,31% da frota habitual de antes da pandemia da Covid-19.

A informação é da SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema, em resposta ao Diário do Transporte.

Apesar da frota ampliada, a SPTrans diz que a demanda é de 39% da quantidade de passageiros de antes da quarentena, o que fica em torno de 1,3 milhão de pessoas. (Veja nota na íntegra abaixo).

A medida visa atender recomendação da SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes para que todos os passageiros viajem sentados.

O Diário do Transporte noticiou que o Ministério Público do Estado de São Paulo e a Defensoria Pública entregaram à SPTrans (gerenciadora dos ônibus municipais da capital paulista), EMTU (gerenciadora dos ônibus metropolitanos), CPTM (trens metropolitanos) e Metrô uma série de recomendações para tornar o transporte público mais seguro quanto ao risco de contágio pela Covid-19 nas fases atais de relaxamento da quarentena no Estado. Entre as recomendações está que a frota seja de 100% do habitual.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/09/ministerio-publico-abre-inquerito-e-recomenda-a-sptrans-emtu-cptm-e-metro-100-da-frota-no-relaxamento-de-quarentena/

O Sindmotoristas realizou na tarde desta terça-feira, 09 de junho de 2020, manifestações em terminais, como em Santo Amaro, na zona Sul, pedindo 100% da frota de ônibus em circulação na cidade  de São Paulo.

A entidade que representa os motoristas e cobradores protocolou um ofício com o pedido a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

Os trabalhadores dizem temer contágio pela Covid-19 por causa de lotação.

As operações não foram prejudicadas.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/09/sindicato-dos-motoristas-de-sp-faz-manifestacoes-em-terminais-pedindo-100-da-frota/

O percentual da frota de ônibus em circulação na cidade de São Paulo subiu na manhã desta terça-feira, 09 de junho de 2020, para 79% do habitual em operação de um dia útil antes da pandemia da Covid-19.

Com isso, o total de veículos foi de 9.178 veículos para 10.123, com 945 ônibus a mais.

Na segunda-feira, 08 de junho de 2020, foram colocados mais 784 coletivos em circulação, o que significa 9.178 veículos ou 71,62% da frota operacional nos dias úteis pré-quarentena. Na sexta-feira 05 de junho de 2020, eram 8.394 veículos (65,5% da frota de ônibus municipais da capital paulista de um dia útil de antes da pandemia).

O prefeito Bruno Covas, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, ao lado do governador João Doria, ameaçou demitir o secretário Edson Caram se até sexta-feira, 12, estiverem passageiros sendo transportados em pé nos ônibus da capital.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/08/bruno-covas-diz-que-se-ate-sexta-feira-ainda-estiverem-passageiros-em-pe-nos-onibus-vai-demitir-secretario-de-transportes/

Veja nota da SPTrans na íntegra:

A SPTrans informa que a partir de quarta-feira (10/06) a frota de ônibus operará com acréscimo de 1.705 veículos, alcançando 11.828 ou 92,31% da totalidade pré-quarentena, enquanto a demanda de pessoas transportadas está em 1,3 milhões, o que corresponde a 39%.

Este será o terceiro reforço de frota durante esta semana. Na segunda-feira (8/06) foram 784 ônibus a mais e nesta terça-feira (9/06) 945 coletivos reforçaram a operação. Com isso a partir de quarta-feira (10/06) serão 3.434 carros a mais em circulação.

Esta é mais uma medida para reduzir a disseminação do vírus e os impactos de uma pandemia de caráter global na rotina do município.

Para evitar aglomerações, a Prefeitura estabeleceu o escalonamento na entrada e saída dos trabalhadores dos comércios e serviços autorizados a funcionar novamente de forma presencial.

As equipes de campo da SPTrans seguem monitorando a movimentação de passageiros durante todo o período de quarentena e fará os ajustes necessários para adequar a frota à demanda e garantir o transporte público à população, em especial aos trabalhadores de serviços essenciais.

Outras Medidas

– Uso obrigatório de máscaras nos ônibus e terminais;

– Marcação no solo nos terminais para sinalizar a distância de um metro entre os usuários nas filas;

– Higienização dos ônibus entre as viagens, principalmente nos locais onde há contato dos passageiros como balaústres, corrimãos e assentos;

– Higienização do ar-condicionado;

– Limpeza dos terminais, plataformas e banheiros;

– Autorização do uso de cortina em “L” para proteção do motorista;

– Ações de orientação e conscientização sobre cuidados e higiene pessoal por meio de mensagens sonoras e cartazes nos terminais, redes sociais e no Jornal do Ônibus;

– Monitoramento diário para ampliação e remanejamento da frota, se necessário.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Sistema de ônibus em São Paulo terá 92% da frota nesta quarta (10) com 11.828 veículos em circulação, diz SPTrans

Em resposta ao Diário do Transporte, SPTrans diz que serão colocados 1.705 coletivos a mais

ADAMO BAZANI

O sistema de ônibus municipais da capital paulista terá em circulação nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020, 92,31% da frota habitual de antes da pandemia da Covid-19.

A informação é da SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema, em resposta ao Diário do Transporte.

Apesar da frota ampliada, a SPTrans diz que a demanda é de 39% da quantidade de passageiros de antes da quarentena, o que fica em torno de 1,3 milhão de pessoas. (Veja nota na íntegra abaixo).

A medida visa atender recomendação da SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes para que todos os passageiros viajem sentados.

O Diário do Transporte noticiou que o Ministério Público do Estado de São Paulo e a Defensoria Pública entregaram à SPTrans (gerenciadora dos ônibus municipais da capital paulista), EMTU (gerenciadora dos ônibus metropolitanos), CPTM (trens metropolitanos) e Metrô uma série de recomendações para tornar o transporte público mais seguro quanto ao risco de contágio pela Covid-19 nas fases atais de relaxamento da quarentena no Estado. Entre as recomendações está que a frota seja de 100% do habitual.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/09/ministerio-publico-abre-inquerito-e-recomenda-a-sptrans-emtu-cptm-e-metro-100-da-frota-no-relaxamento-de-quarentena/

O Sindmotoristas realizou na tarde desta terça-feira, 09 de junho de 2020, manifestações em terminais, como em Santo Amaro, na zona Sul, pedindo 100% da frota de ônibus em circulação na cidade  de São Paulo.

A entidade que representa os motoristas e cobradores protocolou um ofício com o pedido a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes.

Os trabalhadores dizem temer contágio pela Covid-19 por causa de lotação.

As operações não foram prejudicadas.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/09/sindicato-dos-motoristas-de-sp-faz-manifestacoes-em-terminais-pedindo-100-da-frota/

O percentual da frota de ônibus em circulação na cidade de São Paulo subiu na manhã desta terça-feira, 09 de junho de 2020, para 79% do habitual em operação de um dia útil antes da pandemia da Covid-19.

Com isso, o total de veículos foi de 9.178 veículos para 10.123, com 945 ônibus a mais.

Na segunda-feira, 08 de junho de 2020, foram colocados mais 784 coletivos em circulação, o que significa 9.178 veículos ou 71,62% da frota operacional nos dias úteis pré-quarentena. Na sexta-feira 05 de junho de 2020, eram 8.394 veículos (65,5% da frota de ônibus municipais da capital paulista de um dia útil de antes da pandemia).

O prefeito Bruno Covas, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, ao lado do governador João Doria, ameaçou demitir o secretário Edson Caram se até sexta-feira, 12, estiverem passageiros sendo transportados em pé nos ônibus da capital.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/08/bruno-covas-diz-que-se-ate-sexta-feira-ainda-estiverem-passageiros-em-pe-nos-onibus-vai-demitir-secretario-de-transportes/

Veja nota da SPTrans na íntegra:

A SPTrans informa que a partir de quarta-feira (10/06) a frota de ônibus operará com acréscimo de 1.705 veículos, alcançando 11.828 ou 92,31% da totalidade pré-quarentena, enquanto a demanda de pessoas transportadas está em 1,3 milhões, o que corresponde a 39%.

Este será o terceiro reforço de frota durante esta semana. Na segunda-feira (8/06) foram 784 ônibus a mais e nesta terça-feira (9/06) 945 coletivos reforçaram a operação. Com isso a partir de quarta-feira (10/06) serão 3.434 carros a mais em circulação.

Esta é mais uma medida para reduzir a disseminação do vírus e os impactos de uma pandemia de caráter global na rotina do município.

Para evitar aglomerações, a Prefeitura estabeleceu o escalonamento na entrada e saída dos trabalhadores dos comércios e serviços autorizados a funcionar novamente de forma presencial.

As equipes de campo da SPTrans seguem monitorando a movimentação de passageiros durante todo o período de quarentena e fará os ajustes necessários para adequar a frota à demanda e garantir o transporte público à população, em especial aos trabalhadores de serviços essenciais.

Outras Medidas

– Uso obrigatório de máscaras nos ônibus e terminais;

– Marcação no solo nos terminais para sinalizar a distância de um metro entre os usuários nas filas;

– Higienização dos ônibus entre as viagens, principalmente nos locais onde há contato dos passageiros como balaústres, corrimãos e assentos;

– Higienização do ar-condicionado;

– Limpeza dos terminais, plataformas e banheiros;

– Autorização do uso de cortina em “L” para proteção do motorista;

– Ações de orientação e conscientização sobre cuidados e higiene pessoal por meio de mensagens sonoras e cartazes nos terminais, redes sociais e no Jornal do Ônibus;

– Monitoramento diário para ampliação e remanejamento da frota, se necessário.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. sirle Modesto disse:

    PQ A SPTRANS NÃO LIBERA OS ONIBÚS POR APLICATIVO DA EMTU.
    QUE FOI CANCELADA NO FINAL DE 2019?
    BOA NOITE
    OBRIGADA SIRLEI

Deixe uma resposta