Empresas de ônibus de Salvador colocam cortinas para motoristas e cobradores contra Covid-19

Publicado em: 21 de maio de 2020

Proteção será composta por barreiras físicas, com cortinas de plástico resistente e transparente. Foto: Divulgação / Semob.

Implantação de barreiras físicas de plástico terá início nesta sexta-feira, 22

JESSICA MARQUES

As empresas de ônibus de Salvador, na Bahia, que fazem parte do Consórcio Integra, vão colocar proteções para motoristas e cobradores contra a Covid-19.

A implantação de barreiras físicas terá início nesta sexta-feira, 22 de maio de 2020. De acordo com a Prefeitura, serão mais de mil veículos com esses itens de proteção implantados de forma gradativa.

A proteção será composta por barreiras físicas, com cortinas de plástico resistente e transparente, nos postos de trabalho de motoristas e cobradores dentro dos ônibus.

A medida foi uma recomendação da Semob (Secretaria Municipal de Mobilidade). O objetivo é reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

Além dessas barreiras, os motoristas e cobradores já contam com máscaras e álcool em gel, também conforme informado pela Semob, por meio de nota.

OUTRAS MEDIDAS

Para o titular da Semob, Fabio Mota, a implantação das cortinas é mais uma medida de segurança dentre outras que a Prefeitura já vem adotando na luta contra a Covid-19.

“Desde o início da pandemia, estamos adotando medidas de higienização de estações e de ônibus, disponibilizando álcool em gel aos usuários do sistema, que também receberam 30 mil máscaras. Com a instalação dessas barreiras, vai dificultar ainda mais que uma pessoa já infectada, mesmo assintomática, possa transmitir a Covid-19 para os trabalhadores”, disse o secretário.

Outra iniciativa destacada pela Prefeitura é aferição diária da temperatura dos trabalhadores, realizada pelas empresas. “Durante a aferição, caso algum rodoviário tenha a temperatura alterada, imediatamente é encaminhado para as unidades de saúde para que seja apurada a situação do trabalhador.”

OUTROS LOCAIS

Diário do Transporte mostrou que alguns sistemas já estão adotando as cortinas, como Aracaju, onde as empresas encontraram a solução diante da dificuldade que as empresas estavam enfrentando para adquirir máscaras suficientes a todos os seus colaboradores.

Relembre: Sem conseguir comprar máscaras para todos os funcionários, empresas de Aracaju criam barreiras para minimizar risco de contágio da Covid-19

A SPTrans – São Paulo Transporte também autorizou as empresas de ônibus da capital paulista a usarem cortinas em “L” nos postos dos motoristas para proteção do contágio do coronavírus.

Relembre: SPTrans autoriza empresas de ônibus a colocar cortinas para proteger motoristas da Covid-19

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Edmar disse:

    Mesmo sabendo que ainda e pouco pra nós proteger
    E legal a iniciativa, monstra a preocupação com o colaborador
    Enquanto isso a ITAPEMIRIM KAISSARA nem o salário paga!!!!!

Deixe uma resposta