SPTrans autoriza empresas de ônibus a colocar cortinas para proteger motoristas da Covid-19

Publicado em: 15 de abril de 2020

Medida é provisória e visa criar uma barreira mecânica a gotículas, principal forma de contaminação

ADAMO BAZANI

A SPTrans – São Paulo Transporte autorizou as empresas de ônibus da capital paulista a usarem cortinas em “L” nos postos dos motoristas para proteção do contágio do coronavírus, que surgiu na China e em semanas se alastrou por todo o mundo.

A gerenciadora dos transportes enviou uma circular às empresas com a autorização. Não se trata de uma obrigação.

De acordo com a circular da “Superintendência de Contratos do Sistema de Transporte”, datada de 13 de abril de 2020, a medida é em caráter precário, ou seja, não é definitiva e pode ser revertida a qualquer momento.

O Diário do Transporte mostrou que alguns sistemas já estão adotando as cortinas, como Aracaju, onde as empresas encontraram a solução diante da dificuldade que as empresas estavam enfrentando para adquirir máscaras suficientes a todos os seus colaboradores.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/14/sem-conseguir-comprar-mascaras-para-todos-os-funcionarios-empresas-de-aracaju-criam-barreiras-para-minimizar-risco-de-contagio-da-covid-19/

O objetivo das cortinas é criar uma espécie de barreira mecânica principalmente contra gotículas de quem for falar com os motoristas.

As gotículas de uma pessoa já infectada, mesmo assintomática, em contato com as mucosas estão entre as principais formas de transmissão.

O Diário do Transporte mostrou que o novo coronavírus é motivo de preocupação entre motoristas e cobradores de ônibus. A doença já chegou ao sistema de ônibus da capital paulista e, segundo o Sindmotoristas, que representa a categoria, já provocou mortes.

Acesse:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/09/covid-19-chega-aos-onibus-de-sao-paulo-e-ja-atinge-motoristas-e-cobradores/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Luzinete Dos Santos Moreira disse:

    Acho viável, concordo. com essa resolução; tomada. E apoiar, proteção para os consumidores dos ônibus.
    Motoristas, e cobradores de viação de ônibus, para se proteger e também a suas família.

  2. RodrigoZika disse:

    E o minimo pra esse setor que esta vulnerável ao vírus, que deus nos proteja.

Deixe uma resposta