Diadema prorroga mais uma vez prazo para obras de corredor preferencial de ônibus por causa da pandemia

Publicado em: 15 de maio de 2020

Ônibus do sistema de Diadema

Intervenções já tinham sido adiadas, mas com prolongamento de quarentena, vão ter de esperar até, pelo menos, 31 de maio para serem retomadas

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Diadema, no ABC Paulista, autorizou mais uma vez a prorrogação da suspensão de uma série de obras que tinham sido contratadas ou já iniciadas por causa da necessidade de isolamento social devido ao avanço da Cobvid-19

Como mostrou o Diário do Transporte, a primeira prorrogação era até 10 de maio de 2020, mas com a ampliação da quarentena, a suspensão segue a data determinada pelo Governo do Estado de São Paulo, que é 31 de maio.

Entre as obras que devem permanecer suspensas até pelo menos o dia 10 de maio, está o corredor preferencial para ônibus Casa Grande, na Rua Rio de Janeiro e na Avenida Casa Grande.

As obras tiveram início em maio de 2019 com investimento de R$ 11,73 milhões (R$ 11.735.212,55) de repasse do Governo Federal e R$ 1,24 milhão (R$ 1.247.000,00) de contrapartida da Prefeitura.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/05/08/prefeitura-de-diadema-inicia-implantacao-do-corredor-de-onibus-casa-grande/

O conjunto de obras suspensa é :

– Obras de Construção dos CAP´S – Centro de Atenção Psicossocial: CAP´s Alcool e Drogas AD III; CAP´s INFANTIL e CAP´s III.

– Obras de Modernização do Campo Jardim Ruyce

– Obras de Recapeamento Asfáltico em Diversos Ruas do Município

– Reforma da Cobertura do CRAS – Rua Guaricica

– Reforma, Modernização e Instalação de Grama Sintética no Campo de Futebol Ricardo Farina Menegon (Albatroz)

– Construção do Pronto Atendimento Infantil

– Reforma da Escola Municipal Vinicius de Moraes

– Reforma da Escola Municipal Aurélio Buarque Holanda Ferreira

– Reforma da Escola Municipal Monteiro Lobato

– Obras de Implantação de Tratamento Preferencial para Transporte Coletivo na Rua Rio de Janeiro e Avenida Casa Grande.

– Contratação do Remanescente das Obras e Retificação

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta