Motoristas de ônibus de Campinas podem impedir entrada de passageiros sem máscara

Publicado em: 13 de maio de 2020

Prefeito Jonas Donizette em live nas redes sociais. Foto: Divulgação.

Medida já estava em vigor, mas Prefeitura realizava ações educativas para que o uso fosse feito pelas pessoas sem que fossem barradas

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Campinas, no interior de São Paulo, está realizando nesta quarta-feira, 13 de maio de 2020, a última ação educativa no transporte coletivo, com a distribuição de 4 mil máscaras confeccionadas em tecido para passageiros “descuidados” que tenham esquecido em casa seu equipamento de proteção.

Desta forma, os motoristas de ônibus da cidade já têm a orientação da Prefeitura para barrar passageiros que não estiverem utilizando a máscara. De acordo com a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), em caso extremo, o motorista deve acionar a Guarda Municipal.

Nesta quarta, quem se recusar a colocar o item que está sendo disponibilizado já não poderá embarcar. A partir de quinta, não haverá distribuição e o embarque sem a proteção será proibido.

De acordo com o Prefeito Jonas Donizette em live nas redes sociais nesta terça, 12, o município já entregou à Transurc as máscaras para distribuição, que será realizada por motoristas e cobradores, como “última chance” caso a pessoa estiver sem máscara ao entrar no coletivo.

O objetivo é alertar para os passageiros a importância do uso da máscara como medida de prevenção e combate a transmissão do coronavírus. Medida que já é obrigatória no transporte em ônibus, táxis e carros por aplicativos desde o dia 4 de maio, onde não só os passageiros, mas motoristas também devem usar. Desde então várias ações com entrega de máscaras e avisos sobre o uso obrigatório tem acontecido no município.

Como definido no decreto, quem estiver sem a máscara não terá o embarque permitido e essa ação é alem de educativa, um alerta para que a pessoa não esqueça ao sair de casa, sua máscara.

Jonas Donizette disse também que não tem como lidar com o esquecimento da máscara todos os dias, algo que já está sendo tolerado e orientado a mais de uma semana.

“[Nesta quarta] os motoristas já estarão proibindo as pessoas de entrar no ônibus sem máscaras. Não da para todo dia lidar dessa forma [dar máscara]. Estamos fazendo isto a mais de uma semana. Amanhã ainda em uma ultima oportunidade a pessoa vai receber a máscara, mas amanhã venha de máscara caso contrário não poderá pegar o ônibus”, disse.

Ao todo de 100 mil máscaras compradas, 16 mil já foram entregues em 11 terminais de ônibus do município, sendo eles: Central, Mercado, Campo Grande, Ouro Verde, Barão Geraldo, Vida Nova, Padre Anchieta, Vila União, Itajaí, Dom Pedro e Iguatemi.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta