Ônibus municipais de Santo André operam com 50% da frota e 75% de queda na demanda

Publicado em: 7 de maio de 2020

Passageiros recebem orientações e podem higienizar as mãos no Terminal Vila Luzita. Foto: Helber Aggio/PSA.

Dados foram divulgados pelo prefeito Paulo Serra

JESSICA MARQUES

O prefeito de Santo André, no ABC Paulista, Paulo Serra, informou que os ônibus municipais estão operando com 50% da frota e 75% de queda na demanda. Os dados foram divulgados na noite desta quinta-feira, 07 de maio de 2020.

De acordo com o prefeito, por conta da pandemia de Covid-19, os ônibus municipais transportam cerca de 53 mil passageiros por dia. Antes do novo coronavírus, o número chegava a aproximadamente 200 mil pessoas.

“A gente está com o dobro da capacidade de transporte hoje, porque estamos com 50% da frota, mas com 25% da demanda comparada a um dia normal, medida pela bilhetagem eletrônica. Caso tenha algum problema em alguma linha, estamos adequando, estamos vendo isso na SATrans todos os dias”, afirmou o chefe do Executivo.

Contudo, Serra afirmou que o número de passageiros está crescendo. Assim, o isolamento social consequentemente está diminuindo na cidade.

“Já tivemos 80% de queda da demanda do transporte público, hoje está em 75%, ou seja, tem muita gente que está saindo de casa e não deveria, mas a gente tem monitorado isso no dia a dia”, afirmou.

MÁSCARAS

O prefeito ressaltou ainda que estão sendo distribuídas 300 mil máscaras para usuários do transporte coletivo. A entrega está sendo feita gratuitamente nos chamados Pit Stops da Prevenção, localizados no terminal de ônibus da Vila Luzita e na estação de trem Prefeito Celso Daniel, no centro da cidade.

Outras 300 mil serão entregues para pessoas em vulnerabilidade social, nas comunidades do município.

Os Pit Stops da Prevenção são locais que oferecem álcool gel para os passageiros e pias com água e sabão para estimular a higienização constante das mãos.

A iniciativa é realizada de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h. Na ocasião, profissionais também oferecem orientações sobre a Covid-19.

Relembre: Santo André disponibiliza álcool gel para passageiros em terminal de ônibus e estação de trem

LIMPEZA DOS ÔNIBUS

A Prefeitura de Santo André informou ainda que houve ampliação da limpeza dos veículos ao final de todas as viagens.

“Para isso, equipes específicas das empresas operadoras foram enviadas aos pontos finais e fazem a higienização frequente para a prevenção contra o corona vírus”, detalhou a administração municipal, anteriormente ao Diário do Transporte.

Além disso, nos ônibus foi disponibilizado álcool gel pelas concessionárias do transporte coletivo. Inicialmente, a Prefeitura havia comprado 1.500 litros do produto para distribuição às empresas.

Relembre: Coronavírus: Santo André já disponibiliza álcool em gel em ônibus e prefeito apela para idosos evitarem o transporte

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Aline Danubia Cintra Tanaka disse:

    A linha que pego todos os dias nao aparenta limpeza e higienização alguma, T16, T18, T12 Circular.
    Por sinal estes ônibus destas linhas estão em calamidade quebrado por dentro por nao fecha direito bancos quebrados uma situacal quw nunca vi chegar em 20 anos de transporte destas linhas.
    Prefeito de uma atencao p elas pois esta feio a situação.
    Fora a demora q esta tendo delas.

  2. Bnye@gmail.com disse:

    Saiu do trabalho as 21h e sempre fico de 40m a 1h esperando um ônibus
    Sobre higiene dos mesmos não vi diferença alguma, continuam os mesmos ônibus velhos e sujos,fazem tanto barulho que parece que vai desmontar inteiro

  3. Nelson torres disse:

    Não vi em momento algum higienizarem o ônibus que eu pego.desço no terminal estação Santo André linha T15.moro na avenida aclamação.Jardim do estádio meu nome é Nelson.

  4. Nelson torres disse:

    Não vi em momento algum higienizarem o ônibus que eu pego.desço no terminal estação Santo André linha T15.moro na avenida aclimação.Jardim do estádio meu nome é Nelson.

  5. Abel Bispo dos Santos disse:

    Felizmente pouco uso ônibus, a última vez fiquei 45 minutos no ponto esperando,humilhante.

  6. Anderson disse:

    A linha I05 está uma vergonha, poucos ônibus na linha e pela manhã cada dia passa num horário. Nesses quase 2 meses de quarentena nunca teve horário fixo, sem contar a falta de manutenção e limpeza.

  7. Camila Cristiane Dumas Pelicioni disse:

    Bom quanto aos ônibus vi mesmo a higienização do i02, i05, S36 cheirando a candida e o chao todo molhdo na entrada havia o álcool em gel, motorista de máscara gostei ..
    Porem a demora do ônibus nos deixa expostos na rua, eu saio pq trabalho no comércio e preciso dos demais prefeito to feliz ..
    #boraprafrente

Deixe uma resposta