Rodoviários de Vitória (ES) encerram greve e ônibus voltam a circular

Publicado em: 6 de maio de 2020

Greve começou em 23 de abril na Tabuazeiro e foi aderida por trabalhadores das viações Unimar e Grande Vitória. Foto: Divulgação.

Motoristas e cobradores da Viação Tabuazeiro ficaram 13 dias de braços cruzados

JESSICA MARQUES

Os rodoviários de Vitória, no Espírito Santo, encerraram a greve nesta quarta-feira, 06 de maio de 2020. Os ônibus voltaram a circular na capital já pela manhã.

Os motoristas e cobradores da Viação Tabuazeiro ficaram 13 dias de braços cruzados. O protesto trabalhista foi contra atraso de mais de dois meses no pagamento dos salários.

Conforme informado pela mídia local, os rodoviários aceitaram uma proposta do Setpes (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Espírito Santo).

De acordo com o portal A Gazeta, a proposta consiste na destinação integral da antecipação de compras do município, relativas a um mês de vale-transporte, para o pagamento de salários da Viação Tabuazeiro.

Além disso, o sindicato patronal também propôs a destinação de 60% da receita da empresa para o pagamento de salários a cada oito dias. A medida também foi aceita pela categoria.

Conforme já noticiado pelo Diário do Transporte, a greve na capital começou no dia 23 de abril somente com a Tabuazeiro. No dia 27, pararam os coletivos das outras duas empresas nas linhas municipais, as viações Unimar e Grande Vitória.

Relembre: Rodoviários de Vitória mantêm paralisação total nos ônibus

Com a paralisação dos trabalhadores da Viação Tabuazeiro, os rodoviários das outras empresas alegaram que foram colocados para operar nas demais linhas, em substituição aos motoristas em greve. Agora, os trabalhadores das três empresas já retomaram as atividades, após negociação com o sindicato patronal.

SUBSÍDIO

Outro passo que pode ter contribuído para a segurança financeira das empresas de ônibus é que a Câmara de Vereadores de Vitória aprovou um Projeto de Lei que prevê o pagamento de subsídio ao transporte coletivo municipal.

A aprovação da redação final do PL 71/2020 ocorreu em Sessão Ordinária nesta terça-feira, 05 de maio de 2020.

Relembre: Câmara de Vitória (ES) aprova subsídio ao transporte público

A proposta, de autoria dos vereadores Cleber Felix, Sandro Parrini e Wanderson Marinho, autoriza a Prefeitura a instituir o Regime Emergencial de Operação e Custeio do Transporte Público Coletivo. O objetivo é contribuir para o enfrentamento econômico e social da emergência em saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Eliene disse:

    No bairro Maria Ortiz não tem ônibus até hoje 16 /05

Deixe uma resposta