Grupo JCA diz que não procede venda de empresas para Grupo Comporte em resposta oficial

Publicado em: 27 de abril de 2020

Ônibus da 1001, uma das empresas do Grupo JCA

Companhias têm enfrentado dificuldades por causa de queda de demanda devido à pandemia, mas negociações foram desmentidas

ADAMO BAZANI

Em resposta oficial após solicitação do Diário do Transporte, o Grupo JCA informou que não procedem as notícias em grupos de redes sociais ou aplicativos de mensagens de que estaria vendendo algumas de suas empresas para o Grupo Comporte, outro gigante rodoviário.

Desde a última semana, surgiram áudios de um suposto motorista do Grupo JCA alegando que a Viação Cometa estaria sendo vendida para o grupo de empreendimentos que têm como principal sócia a família do empresário Constantino de Oliveira, o Nenê Constantino.

No início desta semana, com o mesmo áudio, a informação foi de que seriam vendidas as empresas Auto Viação 1001 e Macaense, o que também foi desmentido pelo Grupo JCA no momento.

Como tem mostrado o Diário do Transporte, o Grupo JCA vem enfrentando dificuldades por causa da queda de demanda devido às medidas de restrição à circulação apontadas como necessárias pelas autoridades nacionais e internacionais de Saúde para reduzir o avanço do novo coronavírus, causador da Covid-19, doença que teve origem na China e em semanas se alastrou pelo mundo. Como não há vacinas e nem remédios comprovados contra o novo vírus, além do risco de os hospitais sobrecarregarem se um número muito grande de pessoas se infectar ao mesmo tempo, o isolamento social tem sido a única alternativa apontada pelos especialistas como forma de poupar vidas e não levar ao caos os sistemas de saúde e até mesmo funerários. Os países que se opuseram ao isolamento social quando a curva de casos estava crescendo (momento observado agora no Brasil), amargaram colapsos nos atendimentos médicos, como Itália, Espanha e Estados Unidos.

Diante das dificuldades do Grupo JCA, houve inclusive suspensão de atividades de garagens como da Viação Cometa, em Araraquara, no interior Paulista.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/10/cometa-confirma-desativacao-temporaria-de-garagem-em-araraquara/

Mas a crise tem atingido todo o setor de transportes de passageiros e não somente o Grupo JCA.

A Abrati, associação que representa as empresas do segmento interestadual, um dos que atuam o Grupo JCA, calcula que o setor amarga um prejuízo de quase R$ 3 bilhões.

A entidade pede um socorro governamental, em moldes parecidos para o que se espera ao setor aéreo.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/20/crise-do-coronavirus-40-das-empresas-de-onibus-interestaduais-nao-vao-conseguir-se-reerguer-apos-pandemia-estima-abrati/

Na semana passada, o Grupo JCA havia anunciado que muitas linhas que estavam paradas estão gradativamente voltando às operações e que uma das estratégias das empresas Viações Cometa, Catarinense e 1001 é oferecer descontos de 50% em passagens de ônibus.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/24/coronavirus-viacoes-cometa-catarinense-e-1001-oferecem-descontos-de-50-em-passagens-de-onibus/

Também não foi apontada como verdadeira a imagem de uma suposta ficha de motorista de uma das empresas do Grupo Comporte com ordem de serviço para linhas do Grupo JCA.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. JOAO LUIS GARCIA disse:

    O famoso ouvi dizer, temos que tomar cuidados com esse tipo de noticia.
    Atrás de uma noticia como essa além de envolver empresas existem pessoas e famílias.
    E a noticia quando vinculada, seja ela inverídica ou não pode trazer consequências devastadoras a uma organização.

  2. João costa disse:

    Única coisa que sei é que a auto viação 1001 demitiu em massa centenas e centenas d funcionários.

  3. Paulo roberto moreira montechiari disse:

    Vamos pedir a Deus para nos guarda e voutar a todo vapor o gropo ( jca )…

  4. JOSUE DANILO DE SOUZA DA SILVA disse:

    Sou do grupo JCA e estou desde o dia 23/03 em casa e sem perspectiva de retorno ao trabalho,só Deus na causa!

  5. Wagner disse:

    Não acho que o JCA venderia assim fácil a Cometa. Somente em uma crise enorme, muito maior que a atual ou briga familiar. A tendência é que o grupo permaneça integral como está, mas outra coisa importante é que comunicado oficial no mundo empresarial não vale nada. Nenhum diretor abusaria soltar informações em caso de negociações. Lembram da venda da TAM, A empresa na época: A TAM não está a venda ! 30 dias depois … Nossa empresa acaba de fechar uma grande parceria com a LAN e uniremos a direção das duas empresas formando a LATAM.

  6. João Luiz Vieira disse:

    O que eu acho interessante e que os impressarios do grupo jca só reclamam dos prejuízos e quantos trilhões já tiveram de lucro,a vida não é só ganhar agente perde também.

  7. Marcus disse:

    Olha temos que parar , de divulgar comentários sem saber a verdade, ouvi dizer ,deveria não ter crédito.

  8. Adelmo disse:

    O mesmo aconteceu na venda da Penha e Expresso Kaiowa , estava lá na época e havia o boato e toda a chefia falava , que nada , a Itapemirim não vende essas empresas de jeito nenhum , alguns meses depois estavam vendidas exatamente pro Constantino .

  9. Newton Rodrigo Jacinto disse:

    Faço parte do grupo JCA e tenho certeza que venceremos e voltaremos mais forte porque aqui somos uma família somos respeitados Deus abençoe a todos 🙏

  10. Nery disse:

    Pessoal bom dia moro no interior da Bahia, sou motorista mas no momento aqui não está existindo vagas pra motorista. Se algum colega souber de alguma empresa aí que contrata agradeço muito pela informação.fiquem todos com deus.71-999762293. neryvaldo.

  11. Lucio disse:

    O GRUPO JCA DEMITIU MAIS DE 3500 COLABORADORES NAS EMPRESAS QUE PERTENCE AO GRUPO JCA , 1001,COMETA,CATARINENSE,R.R.PRETO, EXPRESSO DO SUL, OPÇÃO,MACAENSE.
    MUITO ESTRANHA A ATITUDE DOS ACIONISTAS DO GRUPO JCA SOBRE AS DEMISSÕES AVASSALADORAS AONDE NÃO SEGUROU A MAIORIA DOS SEUS FUNCIONÁRIOS EM UMA CRISE MUNDIAL COVID19.O GRUPO MILIONÁRIO JCA CONSIDERADO UM DOS MAIS FORTES DO PAÍS NÃO ESTÁ NEW AI PARA OS SEUS COLABORADORES QUE FORAM DEMITIDOS COMO SE NÃO FOSSEM ELES QUE TRABALHANDO DEIXARAM O GRUPO MILIONÁRIO…..MUITA INGRATIDÃO COM AS PESSOAS QUE DERAM A SUA COLABORAÇÃO PARA QUE O JCA SEJA O QUE É HJ

  12. Agabenon disse:

    Empresa de Transportes Andorinha S/A de Presidente Prudente SP no mês passado dispensou 120 colaboradores e nessa semana mais 170

  13. Gustavo disse:

    Lendo o comentário acima, fico mais convencido de que o problema do brasileiro é pensar que administrar uma empresa é fazer caridade.
    E quanto essa história de venda de ativos do grupo JCA, pode crer que onde há fumaça há fogo!!!

  14. Geraldo disse:

    Sou fã de um motorista q trabalha numa das empresas do JCA, o J Roberto da Catarinense, conheço as empresas do grupo atraves do Jota, seguindo seu canal e torço q o grupo reerga e não perca nenhuma de suas empresas.

  15. Lembram quando a Mesbla tava caindo, e o Mappin em decadência? Quem arrebatou-as ? Quem Afundou ?? Um aventureiro. Lembram da Vasp,? Quem comprou ? Um aventureiro….e sabe no que deu as duas?? Agora falar, supor, que Nenê Constantino, um suposto comprador,,,esqueçam, é derrocada na certa, perde todo muito e demissões em massa, sem direitos a receber,,Já não consegue se manter com a GOL, que hj também passa por prejuizo, com a COVID 19,,é muita fome prá pouca comida,,,,espero que isso não aconteça

  16. Cleiton Silva Dutra disse:

    Fico pensando qndo ouço umas bobagens assim vindo d motorista…kkkkkk coml ele soube disso?? Faz parte da diretoria? Estava na reunião? Um diretor é parente seu???
    Essas conversas ai ai ai…
    Qndo ha um negócio importante os últimos em saber são os peões jkkkkk

  17. EDER DE ALMEIDA SILVA disse:

    Os sócio do JCA são respeitado pelo modelo simples de gestão. Não gostam de por cabelo em sapo!
    A simplicidade é e sempre será o combustível dos donos e dos líderes que por eles são criados.
    Eles possuem o que quase nenhuma Cia possui! A capacidade de ser resiliente e dar resposta rápida. São mega inteligente e presa por ser reto. Foi umas das única Cia deste país a optar e andar na linha de compliance e conhecer todos os riscos. Com certeza , terão demissões. Mas , são muitos respeitosos e com certeza irão resgatar seus soldados. Com eles , ninguém fica para trás , só se quiser.

    Parabéns JCA ! Vcs sairão feridos, mas , vencedores deste momento.

  18. Paulinho disse:

    Quanta bobagem hein meu amigo, a gestão fraudulenta que se instalou com o projeto sinergia afundou a empresa…. comandada por dois diretores loucos sem escrúpulos tanto que não aguentou nem sequer um mês antes de realizar demissões em massa, uma holding do porte da Jca não tem dinheiro em caixa é sinal inegável que já andava no vermelho bem antes da pandemia.

  19. Paulo Miguel disse:

    Acho que onde há fumaça há fogo, e esse, assunto esta ganhado força o grupo comporte também é fortíssimo e ao mesmo tempo cauteloso não compram ônibus caros como o grupo JCA, que previam um faturamento absurdo, mas com o advento do covid19, devem esta passando por maus momento. E não duvidem da veracidade da noticia.

  20. Concordo com vc. O grupo JCA da resposta rapida aos problemas que aparecem. Ele não deixam pra amanha ou ou próximo semestre, resolve tudo na hora. Não deixam o problema aumentar, Eu acho até natural após tantas demissões que algum insatisfeito invente isso. Lamento pelos demitidos, mas ônibus precisa de motorista, quando forem voltar a circular, vai contratar praticamente td mundo de novo, mesmo que aos poucos.

  21. Yuri Boris disse:

    Caros, fofaca de peão e fogo. Grupo JCA tem até taxia aéreo, barcas que hj da mais prejuízo e não a desfez, mas vamos ver os próximos capítulos, e quero ver os que vive no achismo na rádio garage-fofoca botar a cara e falar que errou por ouvir fontes de FAKE.

Deixe uma resposta