Coronavírus: Transporte coletivo no ABC vai parar totalmente a partir de 29 de março

Ônibus no bairro Paraíso em Santo André

Redução de frota passa a ser gradativa a partir de hoje

ADAMO BAZANI

Todos os ônibus municipais das sete cidades do ABC Paulista vão parar a partir do dia 29 de março de 2020 por tempo indeterminado.

A decisão foi comunicada na manhã desta quarta-feira, 18 de março de 2020, pelo Consórcio Intermunicipal do ABC, que reúne os prefeitos de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

A redução gradativa da frota começa nesta quarta-feira, 18 de março de 2020.

O prefeito de Rio Grande da Serra e presidente do consórcio, Gabriel Maranhão, disse que a decisão teve aprovação de todos os prefeitos do ABC, sem nenhuma contestação

OUÇA:

DETALHES

As prefeituras do ABC Paulista divulgaram ao Diário do Transporte os detalhes sobre a redução gradativa de frota de ônibus até que haja a suspensão total no dia 29 de março de 2020.

Em alguns municípios, a redução gradativa da frota começa nesta quarta-feira, 18 de março de 2020. Entretanto, algumas prefeituras terão esquema diferente.

Confira: Prefeituras do ABC Paulista divulgam detalhes sobre redução gradativa de frota de ônibus até suspensão total no dia 29

TREM, ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS E TRÓLEBUS

A STM – Secretaria de Estados dos Transportes Metropolitanos manterá em operação no ABC Paulista a frota dos trens da linha 10-Turquesa (Brás/Rio Grande da Serra), da Metra no Corredor ABD (São Mateus/Jabaquara e Diadema/Brooklin) e dos ônibus do sistema EMTU que circulam na região mesmo com a decisão do Consórcio Intermunicipal do ABC que anunciou a paralisação total dos ônibus municipais no dia 29 de março de 2020 e a redução gradativa da frota ente esta quarta-feira, 18 de março e o dia 28 de março.

Leia mais: STM manterá frota da Linha 10 da CPTM, da Metra e dos ônibus da EMTU mesmo com decisão dos prefeitos do ABC em paralisar linhas municipais

DIA A DIA

São 1,3 mil ônibus municipais nas sete cidades que transportam diariamente pouco mais de um milhão de pessoas por dia.

A medida não interfere nos ônibus metropolitanos que circulam na região e que são responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo.

No ABC, há 432 mil idosos e o objetivo é evitar principalmente o deslocamento deste público.

As prefeituras vão fretar ônibus e vans particulares para transportar profissionais de serviços essenciais.

Confira a nota oficial do Consórcio, na íntegra:

Em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, realizada nesta na manhã quarta-feira (18), que reuniu os prefeitos dos sete municípios que compõem a região, fica determinada a suspensão temporária do Transporte Público municipal.

A interrupção do serviço será gradativa, até o dia 28 de março. A partir do dia 29 de março, a suspensão passa a ser total, por período indeterminado. A medida faz parte de um esforço regional para conter o avanço do novo Coronavírus (Covid-19), que configura pandemia. A decisão do Consórcio Intermunicipal tem o objetivo de minimizar danos à população e preservar vidas no Grande ABC.

TRANSPORTES NO ABC:

Juntas, as sete cidades do ABC (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra) têm 2,8 milhões de moradores, dos quais 1,1 milhão usa os transportes públicos. São em torno de 1,3 mil ônibus municipais. As cidades com maior frota são São Bernardo do Campo, com 424 ônibus e Santo André, com 404 ônibus.

AS EMPRESAS DE ÔNIBUS MUNICIPAIS SÃO:

Santo André: Suzantur, Viação Guaianazes, Viação Curuçá, TCPN – Transportes Coletivos Parque das Nações, ETURSA – Empresa de Transporte Urbano Rodoviário de Santo André, EUSA  – Empresa Urbana Santo André, Viação Vaz.

São Bernardo do Campo: SBC Trans

São Caetano do Sul: Vipe- Viação Padre Eustáquio

Diadema: MobiBrasil Diadema, Benfica

Mauá: Suzantur

Ribeirão Pires: RIGRAS

Rio Grande da Serra: Viação Talismã

TRANSPORTES TRONCAIS:

Corredor Metropolitano ABD (São Mateus/Jabaquara e Diadema/Brooklin): Metra

Linha 10 – Turquesa: CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

EMPRESAS DE ÔNIBUS DO SISTEMA EMTU:

Viação ABC, EAOSA, Expresso SBC, Imigrantes, Mobibrasil, Parque das Nações, Publix, Riacho Grande, Ribeirão Pires, Rigras, São Camilo, Trans-Bus, Triângulo, Tucuruvi, Urbana e Vipe

WhatsApp Image 2020-03-18 at 14.44.22

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. MARCO ANTONIO FRANCO disse:

    E como as empresas que pela sua atividade tem muitos empregados, como no caso das empresas de transporte urbano e metropolitano, farão para honrar seus compromissos e em especial os salários e demais direitos dos seus empregados? O serviços de transporte coletivo urbano são serviços públicos essenciais, consequentemente a responsabilidade principal é do ente público (poder público concedente). O poder público vai assumir esses custos, essas despesas? Muito complicada a situação… se ficar o bicho come, se correr o bicho pega!

  2. Jane disse:

    Deveriam parar já, em 15 dias o vírus se espalhara muito rápido.

  3. anderson andrade disse:

    Quero saber quem vai pagar as contas dos comerciantes, os seus aluguéis, seus funcionários, e as despesas de suas casas ?
    Na frança eles ordenaram a todos que fechem, porém, ninguém poderá ser cobrado por aluguel, água, luz, iptu, ipva, e mesmo assim não pararam o transporte publico, orientaram a população a usarem somente em caso de emergência, e as pessoas que precisam ir ao hospital ? fazer compra ? como farão ? Um bando de politico em uma sala com os seus mega salários e benefícios garantidos é fácil tomar essa atitude.

  4. Daniel disse:

    E como faz quem precisar de transporte durante esse período, inclusive para ir a hospitais?

  5. Laura Maria de Sousa disse:

    Já passou da hora, para tomar essa decisão, desde que começou na China minha opinião é uma só, teria que colocar em quarentena todas as pessoas que vinham de outros países não deixar por conta das pessoas ficar em quarentena, e quando começou na Itália era para ser mais rigoroso, pois deixaram muito solto, as pessoas vinham da Itália e outros países sem cuidado nenhum, agora que já se instalou no Brasil, tem que fazer quarentena, parar o País, se todos ficarem em casa não vai se propagar, agora que a contaminação já é comunitária, não tem outro jeito tem que deixar todos em casa, quarentena para todos por tempos indeterminado, a Itália e outros países só fizeram isso depois que tinha se alastrado, tem que fazer que nem o Rio e Florianópolis. Toda a população brasileira de quarentena já , essa pandemia é coisa séria, o corona vírus é muito perigoso, já foi comprovado. Vamos tomar uma decisão drástica agora para não acontecer a mesma coisa que aconteceu em alguns países que não levaram tão a sério,

  6. Elvira Trovilho Trovilho disse:

    Prefeito disse que todos os ônibus teria álcool gel MENTIRA não higieniza onibus segundo um motorista que conversei e aí em quem acreditar

  7. Loyde disse:

    Que medida sem noção!! Com qual respaldo técnico tomam essa medida? Se ainda não houve quarentena generalizada – isso prejudica muito a população.
    A

  8. Kimberly disse:

    Se vocês terminaram de ler, diz que eles providenciarao transporte para casos essenciais.

  9. RONALDO DE ALMEIDA SARAIVA FILHO disse:

    absurda esta decisão, que se faça uma restrição de quem possa usar, mas parar de vez é absurdo. E as pessoas que trabalham em farmácias, supermercados, postos de gasolina, laboratórios, coisa essenciais??? nos países
    que possuem as maiores restrições não houve interrupção do transporte publico

  10. Carlos disse:

    Queria ter um posicionamento da EMTU, METRA, já que as condições de transportes são precárias, não existe limpeza e higienização destes ônibus… Dependo do trólebus para trabalhar, porém morro de medo, já que não são higienizados a cada terminal, e pior, a maioria deles tem ar condicionado e nenhuma ventilação o que nos torna menos imune.

  11. Fabio disse:

    Em meio a suposta “pandemia”

    o governo brasileiro não está preparado para um evento dessas proporções!

    indústrias
    comércios
    e principalmente os órgãos governamentais!

    Éra simplesmente congelar o planeta!

    simples!

    não…!!!!! estão aquecendo o vírus…!!!!!!
    com alimentos de taxas causando o caus ….!!!!!
    isso porque é Apenas um alerta de pandemia….

    O inimigo é outro!
    eu já fui vacinado!!!

  12. Fabiano Nascimento disse:

    O pessoal parece que não entende, olhem para os outros países a quantidade de mortos, e vale lembrar que depois que falecer um ente querido ou até nos mesmos, o boleto pra pagar será o menor dos males!!

  13. Elis Alves de Araujo Luiz disse:

    Só acho que se é para parar que parece de uma vez, essa história de reduzir só vai trazer mais ônibus lotados é pessoas espremidas como sardinhas na lata, e isso é justamente o que não queremos, pois é exatamente isso que espalha o vírus mais rápido.

  14. André disse:

    O que deveria ser proibido era os ônibus transitar com os vidros fechados, contudo uma situação desta acaba gerando mais estresse na população, mesmo para serviços essenciais, como estão este cadastro? Se as pessoas não conseguirem se locomóvel haverá demissão em massa.
    Uma ação mais efetiva é proibir uso com ar condicionado, pois é questionável a higiene. E investir na higiene.

  15. Denis disse:

    Eles vao providenciar transportes para pessoas que trabalham com serviços essenciais e nao da populacao que Nao tem veículos e dependem do transportes públicos, e se precisaremos ao hospital, mercado, farmácia e nao tenham próximos as suas residências? Fácil tomar certas decisões quando vc tem condições financeiras de locomoção… (taxi, aplicativo e veículo proprio) .. quero saber qual a solucao para esse problema…..

  16. Guilhermina disse:

    Como os agentes de saúde vão chegar aos hospitais ou até mesmo os doentes? Qual será o plano de contingência?

  17. SAMARA disse:

    As prefeituras vão fretar ônibus e vans particulares para transportar profissionais de serviços essenciais.

  18. Chay disse:

    Tudo isso pq um chinês comeu um morcego

  19. Carlos Eduardo de Souza disse:

    Transporte não pode parar . Se alguém precisar ir ao médico? O que fazer? Restringe o uso, mas não isso.

  20. Rosa Maria disse:

    Sou enfermeira, gostaria de saber como vou chegar para cuidar dos doentes? Assim como eu tem vários profissionais que dependem do transporte público. Falaram em uma Van, espero que exista de fato.

  21. Gerson Carvalho disse:

    Boa tarde!

    Sabia que o aumento da frota de SBC era farsa… A lotação continua a mesma e não conseguiram explicar como aumentariam a frota, dispensando os motoristas mais idosos…

    Att,

  22. Mary disse:

    Tanto pânico, talvez seja porquê o Brasil nunca sofreu uma guerra. É necessário tomar medidas preventivas e não instalar o pânico na população. A mobilidade urbana no Brasil sempre foi deficiente, agora então ficará pior. Contudo vale lembrar que a corda arrebenta sempre do lado mais fraco: cidadãos que dependem do transporte público.

  23. Walter disse:

    Qual é a lógica parar um transporte coletivo para contratar outro? Será que teremos um carro exclusivo para cada idoso que quiser ir no banco ou no hospital? Outro ponto, que empresa de fretamento irá trabalhar para Prefeitura sem pagamento antecipado, tendo em vista que nenhuma Prefeitura tem caixa para pagar nada nos últimos anos, todo serviço que se presta para o município entra na fila dos precatórios para ser recebido daqui a 5 ou 10 anos!
    Essa é a decisão mais descabida que poderia ser tomada, estamos entrando em uma espiral de medo e pânico muito perigosa, que pode matar muito mais gente do que o coronavírus!

  24. MARCO FRANCO disse:

    Laura, entendo a sua preocupação e consequentemente a sua opinião, porém há um grande entrave ai: as atividades econômicas parando de vez, NÃO HÁ COMO PAGAR OS SALÁRIOS. Como as pessoas vão ficar em casa sem dinheiro algum? A receita para, mas as despesas não. Isso vale para todo mundo, inclusive para as empresas (comércio, indústria, prestadores de serviços, etc). Não é tão simples assim. Que DEUS nos proteja.

  25. Luis Nunez disse:

    “Se vocês terminaram de ler, diz que eles providenciarao transporte para casos essenciais.”
    Claro que vão, da mesma forma que providenciaram limpeza, alcool gel, UTI etc.

  26. Henrique disse:

    E como pessoas como eu, que utilizam os ônibus para ir honrar seus compromissos? (eu o utilizo para ir ao trabalho por exemplo)

  27. Lucas disse:

    Não morreremos de Coronavirus…morreremos de fome com dividas e desemprego as alturas !

  28. DANILO BARRETO RODRIGUES disse:

    Parabéns a todos vocês povo e principalmente os proprietários que tem carro pois eu e mais quase todos não damos o luxo de ficar sem ir ao trabalho de onde vou tirar dinheiro para trabalhar pois a Lina vai abrir e não e está solução que vai resolver pois não vou NÃO VOU MORRER DE CORONA VÍRUS MAS EU MINHA MULHER E MEU FILHO MORREREMOS DE FOME OBRIGADO AO DONOS DA EMPRESA QUE NÃO PRECISAM TRABALHAR.

  29. Priscila disse:

    O trabalhador que faz jus ao transporte público que no caso não vai ter, esses dias serão descontado do empregado? pois não tenho carro, bicicleta nada e trabalho a distância de 2 :20hs do meu trabalho, meu patrão já disse se não trabalhar vai descontar. Ele pode fazer isso? Pois no decreto não tem nada escrito algo que ajude o trabalhador a não ser prejudicado

  30. Andre disse:

    Hj eu liguei no concorcio abc, lá tá mais informações,e a única coisa que me disseram e que os empregador terá que ligar na prefeitura e ver o que fazer para seu funcionário chegar ao trabalho.
    Ele tomam essa decisão de parar tdo, mas não tomam uma atitude sobre quem precisa usar o transporte para ir trabalhar.
    Ao menos colocar no decreto que o empregador que deve tomar providências para o funcionario se locomover.
    E cada um por si para chegar ao serviço.
    Ainda bem que a próxima eleição para prefeito está próxima.

  31. André Lu disse:

    Hj eu liguei no concorcio abc, lá tá mais informações,e a única coisa que me disseram e que os empregador terá que ligar na prefeitura e ver o que fazer para seu funcionário chegar ao trabalho.
    Ele tomam essa decisão de parar tdo, mas não tomam uma atitude sobre quem precisa usar o transporte para ir trabalhar.
    Ao menos colocar no decreto que o empregador que deve tomar providências para o funcionario se locomover.
    E cada um por si para chegar ao serviço.
    Ainda bem que a próxima eleição para prefeito está próxima.

  32. Cida disse:

    Só não entendi porque só vai parar dia 29/03 se agora que e dia 18/03 se e para parar que pare logo ,tinha que parar o mais rápido possível ,o máximo amanhã 19/03

  33. Thays disse:

    Não consigo entender, o povo brasileiro só sabe reclamar nada agrada… nunca tão satisfeito com nada misericórdia, aí fica doente culpa o governo

  34. Maycon disse:

    Gostaria de saber como vai ficar o salário dos motoristas de ônibus? Pois tbm temos família e como vamos ficar em casa sem dinheiro? muito complicado,só falam em parar mas sobre o salário dos motoristas ninguém fala

  35. Yara Gomes de oliveira disse:

    E quem trabalha no ABC, como vamos fazer pra trabalhar?

  36. Rafael Luiz disse:

    ”o povo brasileiro só sabe reclamar”

    E no seu país Sra. Thays, como é? deve ser diferente né.. Se pudesse, viveria aí também mas nessa hora as fronteiras já devem estar fechadas…
    Esse seu país deve ser melhor do que aqui onde esse ”povo brasileiro” se acha no direito de reclamar do coitadinho do governo, só poque eles trabalham mais de 5 meses por ano só pra pagar imposto.. para o governo, que não tem culpa de nada, coitado, e tem que lidar com esse ”povo brasileiro” que só reclama… Não dá pra entender, né?

  37. Lázaro disse:

    Isso não passa de um complô para acabar com o resto da economia do Brasil que já anda ruim a muitos anos, e depois culpar Bolsonarol por isso, essa é a verdade.

  38. Diego Gomes disse:

    Você tem projeta né? Só pode. O Bozo não precisa de complô contra ele, ele se acaba sozinho…

  39. CRISTIANE DA SILVA BARROS RODRI disse:

    Transporte rio grd serra ,sera suspenso
    Trabalho na area da saude sao paulo ,utilizo para ir trabalhar.
    Como irei agora com a frota suspensa…
    Assim fica dificil nos da saúde ajudar nessa pandemia sem transporte público..

  40. JOAO SOARES DE SOUZA disse:

    Eu fico me perguntando porque não tomara a decisão de parar carnaval e outras atividades quando vieram pessoas de fora ficassem em quarentena quem chegassem mas não de vez disso deixaramdeixaram entrar quem quisem agora preciso ir ao trabalho e de vez de tomar decisões de por onibus pra as pessoas que precisa trabalhar pois na arrea que trabalho nao tem como faltar e acharam melhor paralizar onibus doque por as pessoas para higienizar os coletivos isso e falta de bom senso e de quem nao tem resposabilidade quando e pra fazer greve eles obriga ter 50 porcento da frota mas agora que nos como trabalhadores que pagamos impostos eles tira os onibus

  41. Priscila disse:

    Disseram que vai cancelar o decreto passou na tv ontem a noite e vi por cima, pois cheguei no final da matéria alguém tem mais informações, pois não acho na internet

    1. blogpontodeonibus disse:

      Priscilla, por favor, atualize o site. Tem essa informação bem antes de “passar” da TV.
      Tem de ver a página inicial e procurar. Olha só aí

      Consórcio de prefeitos do ABC não vai mais paralisar a operação dos ônibus na região a partir de 29 de março
      https://diariodotransporte.com.br/2020/03/24/consorcio-de-prefeitos-do-abc-nao-vai-mais-paralisar-a-operacao-dos-onibus-na-regiao-a-partir-de-29-de-marco/

Deixe uma resposta para DANILO BARRETO RODRIGUES Cancelar resposta