Apresentação de projeto do BRT do ABC está prevista para 2020 e Consórcio aprova participação de vereadores em reuniões

Publicado em: 6 de novembro de 2019

Modernização da Linha 10-Turquesa da CPTM também está na pauta

Câmaras municipais vão escolher os representantes

JESSICA MARQUES

Mais um passo foi dado para a consolidação do BRT (Bus Rapid Transit) do ABC Paulista, que substituirá a Linha 18-Bronze de monotrilho. Vereadores da região poderão participar das discussões que envolvem o projeto, previso para ser apresentado pelo Governo do Estado em 2020.

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC aprovou nesta terça-feira, 05 de novembro de 2019, a participação de vereadores em reuniões sobre o BRT do ABC e a modernização da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Serão criadas comissões das quais somente vão participar vereadores das cidades envolvidas. No caso do BRT, será Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

Sobre as discussões a respeito da Linha 10, participam representantes de Mauá, Ribeirão Pires, Santo André, São Caetano do Sul e Rio Grande da Serra.

As câmaras municipais vão escolher os representantes, conforme explicou o presidente do Consórcio ABC, Paulo Serra.

Apesar da definição, o também prefeito de Santo André afirmou que a apresentação do projeto deve ficar para 2020.

“Acredito que deve ficar para 2020. Esse ano nós temos mais uma assembleia no início de dezembro e o único retorno do Governo do Estado é com relação ao Procon Regional, não com relação a nenhuma outra pauta”, avaliou.

O Secretário Executivo dos Transportes Metropolitanos, Paulo José Galli, havia afirmado que está avançado o projeto final do BRT do ABC, meio de transporte escolhido para substituir o Monotrilho da linha 18.

Galli voltou a dizer que a substituição foi uma decisão acertada já que o BRT tem capacidade elevada de demanda, semelhante a monotrilho, mas com custo menor.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/09/24/em-janeiro-trem-intercidades-tera-audiencia-publica-e-brt-do-abc-esta-com-projeto-final-avancado/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Colaborou Janete Ogawa, Rádio ABC

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. FRANCISCO E. DE A. OLIVEIRA disse:

    Sinceramente não consigo entender como um BRT tem uma demanda de passageiros semelhante ao monotrilho… Sendo essa informação verdadeira porque nos locais onde o monotrilho foi implantado não foi executado um BRT, já que esse modal é muito mais barato de ser implantado, seria executada uma obra mais cara para lavar dinheiro? Na minha opinião está sendo executado o BRT apens e tão somente para dizer que não se cumpriu uma promessa de campanha, apenas isto, dane-se o povo…

    1. Sebastião Vitor Castro disse:

      E tem mais um detalhe: o metrô vai ser estendido até Guarulhos (não é monotrilho). Estão se lixando com o ABC. De que adiantou votar na direita? Os almofadinhas do psdb enganam, e o povo acredita que eles (paus-mandados de grandes empresários) vão fazer alguma coisa para o povo.

  2. Paulo Bellan disse:

    Já ouviram aquela piada de duas crianças que uma ganhou uma bicicleta e a outra um balde e esterco pensando que tinha ganho um cavalo ? exatamente isto que aconteceu com a linha 18 do monotrilho. Não vamos ter o monotrilho mas vamos ganhar um metro no Rudge Ramos , Trens de última geração no linha 10 da CPTM e um BRT . Me fez lembrar um antigo seriado de tv,,,,Acredite se Quiser!

  3. PAUL WILLIAM DIXON disse:

    Urge reativar as linhas diretas do ABC ao Parque Dom Pedro II e a linha 067 (São Caetano – Santana). Já que deve ser BRT, porque não prolongar até o Terminal Rodoviário Tietê, via Parque Dom Pedro II? E as linhas tradicionais devem também ser prolongados até o Centro, e também a saudosa 441 (Vila Zaíra – Pacaembu) deveria voltar a servir a Paulista. E porque não trazer de volta a linha Santo André (Jd do Estádio) – Tietê via São Caetano, antes operada pela saudosa Expresso Brasileiro?

Deixe uma resposta