Linha de ônibus que atende alunos da UFABC começa a operar nesta terça-feira em São Bernardo do Campo

Publicado em: 30 de setembro de 2019

Empresa de ônibus responsável pelo itinerário e operação do serviço é a Trans-Bus Transportes Coletivos Ltda. Foto: Divulgação.

Itinerário funcionará apenas nos dias úteis, com 30 partidas diárias e tarifa de R$ 4,55

JESSICA MARQUES

A linha de ônibus intermunicipal criada para atender alunos e funcionários da UFABC (Universidade Federal do ABC) no campus de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, começa a operar nesta terça-feira, 1º de outubro de 2019.

O itinerário funcionará apenas nos dias úteis, com 30 partidas diárias e tarifa de R$ 4,55, segundo informações da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que criou a linha.

Denominada 148EX1, a linha vai fazer o trajeto entre a instituição e a avenida Kennedy. A empresa de ônibus responsável pelo itinerário e operação do serviço é a Trans-Bus Transportes Coletivos Ltda, conforme já noticiado pelo Diário do Transporte.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/09/19/linha-da-ufabc-vai-ser-operada-pela-trans-bus/

A nova linha 148EX1 funcionará das 7h às 12h55 e das 17h55 à 0h. A expectativa da EMTU é de que o serviço atenda cerca de 10 mil pessoas mensalmente.

INTEGRAÇÃO

Com a nova linha, os passageiros terão acesso às principais avenidas da região e integração com desconto, por meio do cartão BOM, para chegar ao sistema metroferroviário, segundo a EMTU.

Na avenida Senador Vergueiro, os estudantes e funcionários da UFABC poderão fazer integração gratuita com a linha 148TRO e chegar até a Estação São Caetano do Sul–Prefeito Walter Braido, da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Quem precisar usar o Metrô, poderá embarcar na linha 154TRO na avenida Kennedy, pagando o complemento da tarifa de R$ 1,90 e desembarcar na Estação Sacomã, da Linha 2-Verde. Para garantir o desconto é preciso pagar a tarifa com o cartão BOM, segundo a EMTU.

DEMANDA ANTIGA

Quando a criação da linha foi anunciada, a UFABC informou, em nota, que o novo serviço foi resultado de diversas reuniões realizadas na EMTU e na Secretaria de Transportes de São Bernardo do Campo, sempre acompanhadas por representações estudantis e da Reitoria.

O itinerário é uma demanda antiga dos estudantes e foi solicitada em reunião na (Assembleia Legislativa de São Paulo), com a presença de representantes da EMTU, de estudantes do Diretório Acadêmico de São Bernardo e do Diretório Central dos Estudantes da UFABC, além do deputado Teonilio Barba.

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, os alunos têm à disposição um serviço de ônibus fretado gratuito. Contudo, está proibida a circulação dos veículos com passageiros em pé, o que reduz a capacidade de transporte consideravelmente.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/04/30/ufabc-proibe-passageiros-em-pe-nos-onibus-fretados-e-obriga-identificacao-para-embarque/

As novas regras passaram a valer em 03 de maio de 2019, quando a empresa JP Grandino assumiu operação do transporte de alunos e funcionários por meio do serviço de fretamento.

Também de acordo com o que foi noticiado pelo Diário do Transporte, a definição da empresa que presta o serviço foi feita por meio de um pregão eletrônico. A vigência do contrato tem duração de um ano e possibilidade de ser prorrogado anualmente até 2024.

Segundo informações da UFABC, o valor anual contratado é de R$ 2,99 milhões. Para o serviço, estão sendo disponibilizados seis ônibus de padrão rodoviário, nos quais os alunos não podem viajar em pé.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/04/24/jp-grandino-vence-licitacao-para-operar-fretados-da-ufabc-e-estudantes-temem-reducao-da-capacidade-de-transporte/

TRANSPORTE ENTRE CAMPI

Durante as reuniões realizadas entre representantes da UFABC, estudantes e os órgãos competentes, os alunos também tomaram conhecimento de que a EMTU/SP estuda a criação de outra linha ligando os campi Santo André e São Bernardo do Campo.

Ainda não há detalhes sobre esse itinerário. O novo serviço deve ser implantado a médio prazo, conforme informado pela EMTU ao Diário do Transporte.

Quando houve a mudança de empresa responsável pelo serviço de fretamento na UFABC, os estudantes solicitaram às prefeituras de Santo André e São Bernardo do Campo a criação de linhas de ônibus adicionais, além de um itinerário intermunicipal interligando os campi, sob responsabilidade da EMTU.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Deixe uma resposta