EMTU confirma criação de linha de ônibus para atender alunos da UFABC em São Bernardo do Campo

Publicado em: 25 de agosto de 2019

EMTU também estuda a criação de outra linha ligando os campi Santo André e São Bernardo do Campo. Foto: Divulgação.

Estudos foram enviados com urgência à STM para oficialização do novo itinerário

JESSICA MARQUES

O ABC Paulista terá um novo itinerário. A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) confirmou, em nota ao Diário do Transporte, a criação de uma linha de ônibus para ligar o campus de São Bernardo do Campo da UFABC (Universidade Federal do ABC) à avenida Kennedy.

Os estudos feitos pela EMTU foram encaminhados com urgência à STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) para dar prosseguimento aos processos de criação da linha.

“Para melhorar o atendimento aos estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), a EMTU/SP vai criar uma linha para ligar o campus de São Bernardo do Campo à avenida Kennedy. Os estudos feitos pela EMTU/SP sobre a necessidade do novo serviço serão encaminhados em caráter de urgência à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) para oficialização da criação da linha, conforme informado em reunião realizada nesta quinta-feira (22) com o deputado Teonilio Barba e representantes dos universitários. Com esse serviço os estudantes terão acesso facilitado a outros serviços de transporte”, informou a EMTU, em nota.

O itinerário é uma demanda antiga dos estudantes e foi solicitada em reunião na (Assembleia Legislativa de São Paulo), com a presença de representantes da EMTU, de estudantes do Diretório Acadêmico de São Bernardo e do Diretório Central dos Estudantes da UFABC, além do deputado Teonilio Barba.

O itinerário e o valor da tarifa serão divulgados após publicação da criação da linha em Diário Oficial, o que ainda não tem data definida para ocorrer.

UFABC REDUZ CAPACIDADE DE TRANSPORTE

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, os alunos têm à disposição um serviço de ônibus fretado gratuito. Contudo, está proibida a circulação dos veículos com passageiros em pé, o que reduz a capacidade de transporte consideravelmente.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/04/30/ufabc-proibe-passageiros-em-pe-nos-onibus-fretados-e-obriga-identificacao-para-embarque/

As novas regras passaram a valer em 03 de maio de 2019, quando a empresa JP Grandino assumiu operação do transporte de alunos e funcionários por meio do serviço de fretamento.

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, a definição da empresa que presta o serviço foi feita por meio de um pregão eletrônico. A vigência do contrato tem duração de um ano e possibilidade de ser prorrogado anualmente até 2024.

Segundo informações da UFABC, o valor anual contratado é de R$ 2,99 milhões. Para o serviço, serão disponibilizados seis ônibus de padrão rodoviário. Atualmente, também estão em operação seis veículos, mas dois são urbanos e comportam passageiros viajando em pé.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/04/24/jp-grandino-vence-licitacao-para-operar-fretados-da-ufabc-e-estudantes-temem-reducao-da-capacidade-de-transporte/

TRANSPORTE ENTRE CAMPI

Durante a reunião, os alunos também tomaram conhecimento de que a EMTU/SP estuda a criação de outra linha ligando os campi Santo André e São Bernardo do Campo.

Esse novo serviço deve ser implantado a médio prazo, conforme informado pela EMTU ao Diário do Transporte. Quando houve a mudança de empresa responsável pelo serviço de fretamento na UFABC, os estudantes solicitaram às prefeituras de Santo André e São Bernardo do Campo a criação de linhas de ônibus adicionais, além de um itinerário intermunicipal interligando os campi, sob responsabilidade da EMTU.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Dênis Douglas disse:

    A linha 452, como ainda é possível ver no Moovit (https://moovitapp.com/index/en/public_transit-line-452EX1-Sao_Paulo-242-851631-8723331-0) ensaiou um atendimento entre o Terminal Leste e a UFABC, mas a falta de participação da EMTU fez com que tivesse poucos horários, todos diurnos, sendo que a questão de mobilidade está (mais) crítica para o período noturno.

  2. Dênis Douglas disse:

    http://www.ufabc.edu.br/noticias/linha-da-emtu-atendera-campus-sao-bernardo A linha nova auxiliará quem vem de SCS e Sacomã indiretamente (sonho do pessoal é uma direta, mas melhor uma integração que saclejar num Balta-bus), mas ainda não salva o intercampi. Um dia se chega lá.

Deixe uma resposta