Conheça a linha de produção: Mercedes-Benz fabrica cerca de 60 chassis de ônibus por turno

Publicado em: 21 de julho de 2019

Entre chassis produzidos, urbano mais vendido é o OF 1721, enquanto o rodoviário é o O 500 RSD. Foto: Mercedes-Benz.

Média de produção da montadora é de um veículo a cada sete minutos

JESSICA MARQUES

A Mercedes-Benz, marca alemã de automóveis e veículos comerciais, abriu as portas para admiradores de ônibus e portais de mobilidade, incluindo o Diário do Transporte, para apresentar a linha de produção de chassis em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Além de produzir ônibus, a montadora também é responsável pela produção de caminhões. Contudo, cada produto possui uma fábrica diferente dentro da planta da Mercedes-Benz. Aos visitantes, foi apresentada a produção de ônibus.

A capacidade de produção é de aproximadamente 60 chassis por turno. A fabricante explicou que pode ser criado mais de um turno dependendo de fatores, como a demanda. Isso significa que a média de produção da montadora pode ser de um veículo a cada sete minutos, dependendo do dia.

afs.png

Na linha de produção, são mais de 400 trabalhadores, que dividem as tarefas com os AGVs (Auto Guided Vehicles). A tecnologia surpreende, por serem veículos que transportam as peças de forma autônoma, seguindo uma rota pré-definida, identificando a presença de pedestres e parando, fazendo curvas e entrando nos setores com os materiais.

Segurança e qualidade também são prioridades da Mercedes-Benz. São inúmeros os avisos e as normas para evitar acidentes na linha de montagem. Além disso, ao final de cada processo, funcionários do setor de qualidade avaliam se não houve nenhum tipo de erro ou avaria, para que seja feita a correção quando necessário.

A Mercedes-Benz informou que esta é a maior operação da empresa fora da Alemanha. Até hoje, foram produzidos mais de 560 mil ônibus. Para que o veículo fique pronto, existem três fábricas diferentes, uma para a produção do motor, outra para os eixos e a que monta o chassi, todas na mesma planta, em São Bernardo do Campo.

Confira o vídeo institucional de apresentação da linha de produção:

Chassis mais vendidos
Ao Diário do Transporte, o gerente de marketing da Mercedes-Benz no Brasil, Edson Brandão, informou que o chassi urbano mais vendido é o OF 1721, enquanto o rodoviário é o O 500 RSD.

“O OF 1721 L, que é o carro com motor dianteiro e suspensão pneumática, teve uma boa aceitação no mercado, por conta do conforto para o passageiro na operação e a redução de tempo de reparo na garagem. Hoje, 40% da produção é com suspensão pneumática”, contou Brandão.
No primeiro semestre de 2019, a empresa superou 50% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), com 76% em urbanos e 57% em rodoviários.

Segundo o ranking de marcas divulgado pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) em julho, a Mercedes-Benz é líder de mercado e, no primeiro semestre deste ano, já produziu cerca de 5 mil chassis.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/07/04/producao-de-onibus-no-brasil-tem-queda-de-62-no-primeiro-semestre-segundo-a-anfavea/

Um pouco de história

Ao chegar no Espaço Mercedes-Benz, os admiradores de ônibus e representantes de portais de mobilidade foram surpreendidos com um pouco de história da produção de ônibus da montadora.

O ônibus Caio Apache Vip IV com chassi OF 1519 foi colocado ao lado do Monobloco O 321, primeiro ônibus produzido pela Mercedes-Benz no Brasil, em 1958.

Segundo Brandão, a evolução passou pelos chassis O 352, O 364 e O 365, até que a fábrica de monobloco foi transferida para Campinas, no interior de São Paulo, e a unidade de São Bernardo do Campo passou a produzir chassis como o LPO 1113, OF 1111 e OF 1318. Enquanto isso, em Campinas ainda estavam sendo produzidos monoblocos como o O 370 e O 400.

Leia também: https://diariodotransporte.com.br/2017/07/02/historia-monobloco-o-371-urbano-o-onibus-do-futuro-sempre/

A convite da Mercedes-Benz, o Diário do Transporte esteve no museu da Mercedes-Benz, em Stuttgart, na Alemanha, em 2018. Relembre e conheça mais sobre a história da marca: https://diariodotransporte.com.br/2018/10/04/especial-um-passeio-pelo-museu-da-mercedes-benz-em-stuttgart/

Conheça a Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz do Brasil possui mais de 60 anos de atuação no mercado interno e também nas exportações. A empresa é o Centro de Competência Mundial da Daimler para desenvolvimento de chassis de ônibus da marca.

Com as linhas rodoviárias, urbanas, de fretamento, escolar e micro, a marca tem forte presença nas renovações de frotas urbanas de grandes capitais no país.

A montadora também fornece chassis de ônibus para atender licitações públicas, como o programa Caminho da Escola do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Para o segmento rodoviário, o portfólio da marca inclui vários modelos para curtas, médias e longas distâncias, assim como para fretamento e turismo.

A Mercedes-Benz também atua em Peças e Serviços, atendimento especializado dos concessionários Center Bus e financiamentos do Banco Mercedes-Benz.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Mercedes (de) Ben com Brasil ! Parabéns , nosso orgulho….e genuinamente paulista.

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa tarde.

    Com certeza uma experiência inesquecível; pena que não tive acesso a esta informação tempestivamente.

    MBB, pensem em duas melhorias no chassi dos buzões.

    1) Que os rodoviários permitam que as carrocerias não tenham degraus entre o corredor e o cookipit.

    2) Que a fiação e a disposição dos botões liga e desliga dos comandos de luzes, portas e etc.; permitam que as encarroçadoras façam painéis mais acessíveis ás mãos dos pilotos.

    Att,

    Paulo Gil

    1. Zé Tros disse:

      Paulo, boa noite,

      Essas solicitações não tem nada a ver com melhorias no chassi não pq são montagens feitas pelas encarroçadoras. Os degraus se devem por conta da altura dos bagageiros das carrocerias, assim como a disposição dos botões no painel fica a cargo das encarroçadoras tbm.

      Veja nesse link que o quadro do chassi é praticamente plano
      http://index.wordpress.www.maxpress.com.br/e/mb/O-500RSD-2442_03.jpg.index.wordpress

Deixe uma resposta