Produção de ônibus no Brasil tem queda de 6,2% no primeiro semestre, segundo a Anfavea

Mercedes-Benz continua sendo líder de mercado, com 4.998 unidades licenciadas no semestre. Foto: Divulgação.

Foram 14.023 unidades produzidas neste ano, comparadas a 14.955 nos primeiros seis meses de 2018

JESSICA MARQUES

A produção de ônibus no Brasil apresentou uma queda de 6,2% no primeiro semestre deste ano, segundo levantamento divulgado pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) nesta quinta-feira, 04 de julho de 2019.

Foram 14.023 unidades produzidas neste ano, comparadas a 14.955 nos primeiros seis meses de 2018, de acordo com o levantamento. O número inclui tanto ônibus urbanos quanto rodoviários.

A queda na produção foi mais acentuada em modelos rodoviários, com 13,6% a menos, passando de 3.556 unidades para 3.074 chassis.

A produção de urbanos, por sua vez, caiu 3,9%, passando de 11.399 veículos para 10.949, ainda na comparação dos seis primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2018.

Comparando junho deste ano com o mesmo mês de 2018, a queda na produção foi ainda mais acentuada, com 20,7% de chassis a menos. Ao todo, foram 2.944 unidades no ano passado e 2.334 neste ano.

Por sua vez, de maio para junho deste ano, a queda na produção de ônibus foi de 15,9%, passando de 2.775 chassis para 2.334, considerando urbanos e rodoviários.

Confira os números, na íntegra:

anfavea.jpg

O desaquecimento do mercado não foi apenas no setor de ônibus. A indústria de veículos de todas as categorias no Brasil teve queda de 15,5% na produção em junho na comparação com maio e uma queda de 9% no comparativo com um ano antes, informou a Anfavea.

Contudo, no acumulado do primeiro semestre, o setor teve produção de 1,47 milhão de veículos, aumento de apenas 2,8% sobre os seis primeiros meses de 2018.

EXPORTAÇÕES

As exportações de ônibus tiveram queda de 21,6% no acumulado do ano, comparado ao mesmo período de 2018. Nos seis primeiros meses de 2019, foram vendidos para o exterior 3.712 chassis, enquanto no ano passado foram 4.734.

A queda de exportações de ônibus urbanos foi de 24,3%, passando de 3.309 unidades para 2.504 chassis. O número de veículos rodoviários vendidos para outros países caiu 15,2%, de 1.425 para 1.208.

LICENCIAMENTO

O licenciamento de ônibus, por sua vez, apresentou um aumento de 72,7%, comparando o primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2018. Foram 9.623 unidades licenciadas, comparadas a 5.573 chassis.

Confira o ranking de marcas, de acordo com a Anfavea:

1º) Mercedes-Benz: 4.998 unidades, alta de 55,3%

2º) MAN/Volkswagen: 2.594 unidades, alta de 176,3%

3º) Agrale (inclui os miniônibus da Volare): 1.162 unidades, alta de 51,9%

4º) Volvo: 366 unidades, alta de 110,3%

5º) Scania: 306 unidades, alta de 8,1%

6º) Iveco (inclui os miniônibus CityClass): 146 unidades, alta de 37,7%

Jessica Marques para o Diário do Transporte

1 Trackback / Pingback

  1. Conheça a linha de produção: Mercedes-Benz fabrica cerca de 60 chassis de ônibus por turno

Deixe uma resposta