Justiça determina que sindicato libere operação de ônibus municipais de São Roque

Publicado em: 9 de julho de 2019

Greve teve início da tarde desta segunda-feira. Foto: Divulgação.

Multa em caso de descumprimento é de R$ 50 mil por dia

JESSICA MARQUES

A Justiça determinou nesta terça-feira, 09 de julho de 2019, que o sindicato dos rodoviários libere a operação dos ônibus municipais de São Roque, no interior de São Paulo. A categoria está em greve desde a tarde desta segunda-feira, 08.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/07/08/sao-roque-sp-tem-paralisacao-de-onibus/

A empresa Mirage Transporte informou à Prefeitura de São Roque que, se a greve continuar, a pena é o pagamento de multa de R$ 50 mil por dia, ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região, que representa a categoria.

O transporte foi interrompido em protesto pela demissão de quatro funcionários que haviam liderado uma outra greve, de forma “arbitrária e ilegal”, segundo a empresa.

Desde ontem, a Prefeitura de São Roque, que novamente foi surpreendida com a paralisação sem prévia comunicação, tem cobrado posicionamento e ação da Mirage para a retomada dos serviço. A Administração Municipal ainda contatou o Sindicato para cobrar a volta da operação, já que não foram observados os requisitos legais para o exercício da greve. A Empresa colocou 30% dos carros nas ruas, mas manteve a paralisação”, informou a Prefeitura, em nota.

A Mirage, por sua vez, informa à Prefeitura que “está tomando as medidas judiciais cabíveis para evitar que esse tipo de situação
volte a acontecer, trazendo transtornos e danos a quem depende do transporte coletivo”.

Confira a decisão da Justiça, na íntegra:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta