Transporte público de Teresina perde 1,2 milhão de passageiros em dois anos

Média mensal de passageiros em 2019 é ainda menor. Foto: Divulgação / Prefeitura de Teresina.

Balanço foi divulgado pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina

JESSICA MARQUES

Os ônibus do transporte público de Teresina, no Piauí, perderam 1,2 milhão de passageiros em dois anos. O balanço foi divulgado pelo Setut (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina).

Conforme publicado pelo portal O Dia, em 2016, 6.860.807 passageiros foram transportados mensalmente, enquanto em 2018, o número caiu para 5.618.133, o que representa uma queda de 1.242.674 passageiros.

Ainda de acordo com o Setut, a média mensal de 2019 é ainda menor, tendo 4.584.131 passageiros transportados, referente aos meses de janeiro a março.

Ainda ao portal O Dia, o diretor de Transportes Públicos da Strans (Superintendência de Transporte e Trânsito), Francisco Nogueira, apontou o Sistema Inthegra como uma das soluções para o transporte público da cidade, oferecendo maior conforto e agilidade aos passageiros.

“O Sistema Inthegra é tronco-alimentar, ou seja, as pessoas vão do bairro para a estação, que fica na metade do percurso, e o ônibus alimentar consegue ir mais vezes do bairro para o terminal. Com os corredores exclusivos, os ônibus vão desenvolver uma velocidade compatível, já que os carros não estarão passando na frente dele e atrapalhando. Até o final de setembro deste ano, todo o sistema estará integrado. Com o Inthegra, as empresas serão obrigadas a ter veículos novos, com ar-condicionado, substituindo a frota antiga”, disse.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/03/05/teresina-lanca-o-inthegra-novo-sistema-de-transporte-publico/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta