Projeto do Ubus, transporte por aplicativo em vans, é apresentado em Estocolmo, na Suécia

Publicado em: 19 de junho de 2019

Representantes da área de mobilidade de todo o mundo e fornecedores da indústria estiveram reunidos na última semana para o Congresso da UITP. Foto: Divulgação.

Após um ano de testes, ferramenta passa a operar no Nordeste e no ABC Paulista no segundo semestre

JESSICA MARQUES

O projeto do Ubus, um transporte coletivo operado por vans e solicitado por aplicativo, foi apresentado para a Cúpula Global de Transporte Público, em Estocolmo, na Suécia.

Representantes da área de mobilidade de todo o mundo e fornecedores da indústria estiveram reunidos na última semana para o Congresso da UITP (União Internacional de Transporte Público).

Na ocasião, a ferramenta foi apresentada pela vice-presidente do aplicativo Ubus, Milena Braga Romano. Segundo a executiva, a ideia é uma forma de promover e incentivar a sustentabilidade.

“Mais de 50% dos brasileiros utilizam aplicativos de transporte, sendo ele o responsável por 10% do orçamento dos usuários. Estudos realizados em Nova Iorque e Chicago apontam uma queda nas receitas de transporte devido ao uso de alternativas de transporte de aplicativos”, disse.

A ideia é inédita no Brasil e vai permitir que o passageiro pegue uma van ou ônibus via aplicativo para ir trabalhar ou até mesmo passear. Depois de um ano de testes, a ferramenta começa a operar no Nordeste a partir de 01 de julho.

No segundo semestre desse ano, está prevista para começar a operar no ABC Paulista e em outras cidades brasileiras. O Ubus já foi testado em São Bernardo do Campo, conforme noticiado pelo Diário do Transporte.

Relembre e conheça a ferramenta: https://diariodotransporte.com.br/2018/03/22/ubus-sao-bernardo-do-campo-tera-uber-no-transporte-coletivo/

O usuário poderá baixar o aplicativo Ubus gratuitamente, disponível nas versões Android e iOS. Para o cadastro, é preciso colocar os dados pessoais e forma de pagamento.

Para iniciar uma corrida, basta fazer a solicitação para o endereço desejado e colocar o ponto de partida. O aplicativo verifica a rota, dá as opções de marcação de assento, informa horário do embarque e dá uma previsão do desembarque, além do valor da passagem.

Ao entrar na van, o usuário valida a sua passagem com a leitura do QRcode, que fica disponível na entrada do veículo, por meio do aplicativo.

Simultaneamente as informações aparecem para o motorista em um tablet que fica anexado ao painel do veículo. Assim, ele pode acompanhar todos os dados relacionados à viagem.

Os veículos operados não são da Ubus. A startup apenas faz a ligação entre empresas de transporte e passageiros.

“Para tornar-se parceira da Ubus a operadora deve ter a concessão pública na área de transporte coletivo, bem como toda a documentação necessária para exercer a atividade. Os motoristas também passarão por treinamentos e reciclagem para manter o padrão de excelência no atendimento. Ao final da corrida, o usuário irá avaliar o motorista e as condições do veículo, uma forma de assegurar uma experiência excepcional”, informou a Ubus, em nota.

Além de apresentar o projeto pioneiro da Ubus, Milena Braga também foi ao congresso representando a SBCTrans, que recebeu o Prêmio de Reconhecimento Internacional da UITP com o projeto “Giro da Arte SBCTrans”.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/06/10/empresa-de-onibus-de-sao-bernardo-do-campo-conquista-premio-internacional-na-suecia/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta