Terminais de ônibus, metrô, CPTM e Metrô viram pontos de arrecadação da campanha do agasalho

Em São Paulo, campanha tem apoio do SPUrbanuss e SPTrans - Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) - Clique para Ampliar

Ao todo, são 50 espaços administrados pela empresa Socicam em todo o País. Arrecadação vai até 31 de julho. Nos transportes metropolitanos, são 172 pontos

ADAMO BAZANI

Aquela roupa que não serve mais ou mesmo “caiu de moda , mas que esteja em bom estado e limpa, pode fazer a alegria e dar conforto e proteção a muita gente que não tem condições de sequer comprar um agasalho simples.

Já está em vigor a Campanha do Agasalho. Para fazer doações é simples e não é preciso mudar a rotina.

Um exemplo desta facilidade é a 21ª Campanha do Agasalho promovida pela Socicam, administradora de terminais de ônibus.

São 50 terminais de ônibus em todo o país que se transformaram em postos de coleta.

Até o dia 31 de julho, quem passar por estes terminais pode deixar nas caixas especiais da campanha materiais como agasalhos, malhas, cobertores, blusas, meias, luvas, sapatos e outras peças em bom estado de conservação e limpeza.

Na capital paulista, a campanha tem o apoio do SPUrbanuss – Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo, que representa as viações, e da gerenciadora do sistema da capital paulista, SPTrans – São Paulo Transporte.

Acompanhe os terminais onde já são possíveis as doações:

Terminais Rodoviários – São Paulo

Terminais Rodoviários Tietê, Barra Funda, Jabaquara (São Paulo/SP), Terminal Rodoviário São João da Boa Vista, Terminal Rodoviário do Guarujá, Terminal Rodoviário Turístico de Guarulhos, Terminal Rodoviário de Jundiaí, Terminal Rodoviário de Campinas e Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto.

 

Terminais Urbanos e Estações de transferências – São Paulo
A.E.Carvalho, Amaral Gurgel, Aricanduva, Bandeira, Campo Limpo, Carrão, Capelinha, Casa Verde, Dom Pedro  II, Guarapiranga, Grajau, Jardim Angela, João Dias, Lapa, São Matheus, Mercado, Nova Cachoeirinha, Parelheiros, Penha, Pinheiros, Princesa Isabel, Pirituba, Santo Amaro, Sacomã, São Miguel, Sapopemba Teotônio, Varginha, Vila Prudente, Tiradentes, Água Espraiada e Estação Pedro Segundo.

 

Brasília – DF

Terminal Rodoviário Interestadual de Brasília

 

Campo Grande – MS

Terminal Rodoviário de Campo Grande

Em nota, a Socicam diz que desde 1990, mais de 800 mil peças já foram doadas para entidades filantrópicas cadastradas pela empresa ou que solicitaram inclusão no projeto.

TRANSPORTES METROPOLITANOS:

Também haverá caixas de coleta em estações e terminais da CPTM, da EMTU, Metra, do Metrô e das concessionárias ViaQuatro e ViaMobilidade. Ao todo são 172 pontos de arrecadação em terminais e estações dos transportes metropolitanos por trilhos e pneus.

Em nota, a STM – Secretaria de Transportes Metropolitanos informa os locais com as caixas de coleta.

Na CPTM, as doações poderão ser feitas em todas as 94 estações distribuídas em suas sete linhas. Serão mais de 100 caixas disponíveis no período de 31 de maio a 15 de julho. No ano passado, a companhia arrecadou cerca de 97 mil itens.

Metrô terá pontos de coleta nas estações Jabaquara, Vergueiro, São Bento, Santana e Tucuruvi da Linha 1-Azul; Vila Prudente, Tamanduateí, Ana Rosa, Paraíso e Vila Madalena da Linha 2-Verde; Palmeiras-Barra Funda, Sé, Tatuapé e Corinthians-Itaquera da Linha 3-Vermelha; e Vila Prudente da Linha 15-Prata. No Metrô, a campanha começa nesta terça-feira (21) e vai até 22 de setembro. Em 2018 foram arrecadadas 28 toneladas de peças pela Companhia.

As linhas 4-Amarela e 5-Lilás, operadas pelas concessionárias ViaQuatro e ViaMobilidade, respectivamente, terão caixas para depósito de doações em todas as suas estações a partir desta quarta-feira (22) até 15 de julho. No ano passado, 32 mil roupas e calçados foram entregues nas estações dessas duas linhas.

Já a EMTU terá 43 pontos de arrecadação divididos entre os terminais metropolitanos da capital e de Campinas, estações do VLT, edifícios e pontos comerciais das cinco regiões metropolitanas em que opera (São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba). No sistema de ônibus intermunicipal, a campanha começa nesta quarta-feira (22) e termina em 22 de setembro. A lista completa estará disponível a partir desta quarta-feira no site www.emtu.sp.gov.br. No ano passado, foram recebidos 26 mil itens pela empresa.

No caso dos transportes metropolitanos, a campanha é de responsabilidade do Fundo Social de São Paulo – Fussp e as peças doadas serão destinadas a entidades sociais, entre elas hospitais e centros de acolhida, em todos os municípios do Estado de São Paulo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

 

Deixe uma resposta