Prefeitura de São Paulo inclui novo Terminal de Vila Prudente em contrato das empresas de ônibus

Publicado em: 8 de maio de 2019

Terminal deve receber em torno de 150 mil pessoas por dia. Foto: Fabio Klein – Texto: Adamo Bazani

Espaço começa a funcionar experimentalmente no dia 11 com inauguração anunciada para o dia 20 de maio

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Paulo formalizou a inclusão dos serviços de manutenção, administração, vigilância e operação do novo terminal de ônibus da Vila Prudente, na zona Leste, às empresas de ônibus do subsistema estrutural da cidade.

A responsabilização é prevista mesmos nos contratos emergenciais que estão em vigor. Com isso, esses serviços devem ser repassados para a subcontratada Socicam, que já opera em outros terminais.

Conforme disse o secretário municipal de mobilidade e transportes, Edson Caram, em entrevista ao Diário do Transporte, o terminal Vila Prudente terá as operações iniciadas de forma experimental no dia 11 de maio de 2019, com inauguração marcada para o dia 20 de maio.

Quando estiver plenamente em funcionamento, o equipamento vai receber 29 linhas convencionais e oito linhas noturnas com previsão de 150 mil passageiros por dia.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/05/03/inauguracao-terminal-onibus-vila-prudente/

A responsabilidade pelo terminal foi repassada para a Viação Grajaú S.A. (antiga Viação Cidade Dutra), Ambiental Transportes Urbanos S.A., Via Sudeste Transportes S.A., Consórcio Bandeirante de Transporte (Santa Brígida e Gato Preto), Sambaíba Transportes Urbanos Ltda, MobiBrasil Transporte São Paulo Ltda, Viação Gatusa Transportes Urbanos Ltda, KBX Administração e Participação Ltda (antiga Transkuba), Viação Metrópole Paulista S.A. (antiga VIP), Consórcio Sudoeste de Transporte (Transpass e Gato Preto).

Não significa que todas estas empresas vão operar neste novo terminal, cuja área operacional é a 5- Sudeste (verde escuro), mas as companhias compartilham a responsabilização por todos os terminais municipais.

O espaço é uma contrapartida do Metrô pelas obras da linha 15-Prata de monotrilho.

O antigo terminal que funcionava no mesmo local foi desativado em 2013 e tinha sido projetado para o Expresso Tiradentes (antigo Fura-Fila). Em 2010, o projeto de corredor de ônibus em continuidade do trajeto para a zona Leste foi substituído por um monotrilho.

Assim, o espaço foi assumido pelo Governo do Estado para adequação ao projeto do sistema de trens leves nos elevados.

Ao longo do período de construção, sob responsabilidade da Companhia do Metrô, o TCE – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo chegou a apontar indícios de irregularidades como pesquisa de preços de materiais insuficiente, necessidade de maior transparência em contrações e subcontratação de serviços não autorizada.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Alfredo disse:

    Logo estará abandonado como estão os Terminais São Mateus, Parque Dom Pedro e Santo Amaro, cheio de ambulantes, pedintes e com falta de segurança, além da evasão de renda com o golpe do bilhete, prefeitura não quer mais fazer nada, esta administração é péssima

  2. Maria pires disse:

    Legal Parabéns…Brasil primeiro mundo

  3. Pedro disse:

    Nossos terminais viraram abrigo de mendigos, como os seguranças vivem dormindo, eles ficam a vontade empesteando o ludar com fedor e mendicância, agora pergunto você vé mendigo em aeroportos?.

  4. Sérgio disse:

    Absolutamente desnecessário a operação desse terminal , que levou uma eternidade para ficar pronto , principalmente a fase de acabamento , se fosse construído por tartarugas não demoraria tanto. Na prática o referido terminal somente representará redução de custos para a gloriosa Prefeitura , contudo não trara beneficios para a população, que perderá tempo se deslocando de um ônibus para outro,principalmente nos horarios de pico,bem como a redução de linhas limitou as opções aos usuários , ademais não foi pensado nas dificuldades que os idosos e os deficientes fisicos enfrentarão em meio ao aglomerado que comumente se fazem presentes em um terminal. Na minha opinião a Prefeitura de SP que deveria ser disparado a melhor do País, proporcionalmente ao que arrecada comparado com outros Estados de menor expressão , está muito distante dessa condição, ou seja há um vasto caminho a ser preenchid .E o que tenho há comentar e a lamentar !!

Deixe uma resposta