Taxistas de Araraquara (SP) criam campanha de descontos para atrair passageiros do transporte por aplicativo

A medida tem como objetivo atrair passageiros de diversos perfis. Foto: Divulgação.

Redução no valor varia de 10% a 30%, dependendo da distância percorrida

JESSICA MARQUES

Os taxistas de Araraquara, no interior de São Paulo, criaram uma campanha de descontos para atrair os passageiros que utilizam o transporte por aplicativo, como Uber e 99. A medida é uma forma de reagir à concorrência criada pelo novo sistema na cidade.

A redução no valor da tarifa paga pela corrida do táxi varia de 10% a 30%, dependendo da distância percorrida pelo passageiro, conforme publicado em reportagem do portal local ACidade ON.

De acordo com a publicação, o diretor conselheiro do Sindicato dos Taxistas, Renato Cabrera, acredita que a possibilidade de desconto nas corridas será dada a todos os usuários. A medida tem como objetivo atrair passageiros de diversos perfis.

“É um momento de fazer promoções para trazer mais benefícios aos usuários. Uma forma de enfrentarmos a concorrência e não ficarmos parados no tempo”, disse Cabrera ao portal.

BATALHA CONTRA O TRANSPORTE POR APLICATIVO

O transporte por aplicativo vem movimentando taxistas e empresas de ônibus desde a popularização do modelo de locomoção em grandes cidades. Diversos grupos e companhias mostraram-se contra uma possível “concorrência desleal” e falta de regulamentação.

Um exemplo disso é que o Setranspetro (Sindicato dos Transportes Rodoviários de Petrópolis, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários e a Associação de Taxistas de Petrópolis protocolaram um ofício na Câmara de Vereadores de Petrópolis, no Rio de Janeiro, pedindo a regulamentação do transporte por aplicativo na cidade, como Uber e 99.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/04/18/empresas-de-onibus-e-taxistas-de-petropolis-rj-protocolam-oficio-na-camara-pedindo-regulamentacao-do-transporte-por-aplicativo

Não é somente no Rio de Janeiro que as empresas de ônibus acionam o poder público contra a atuação sem regulamentação do transporte por aplicativo. As companhias que atuam no transporte coletivo da capital paulista, por exemplo, acionaram a Prefeitura.

Relembre: Empresas de ônibus de São Paulo se reúnem com prefeitura e pedem providências quanto ao “Uber Juntos”

Em entrevista ao Diário do Transporte, o presidente da NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, Otávio Cunha, disse que em algumas cidades, a perda de demanda para todas as modalidades de aplicativos foi em torno de 5%.

Na visão de Cunha, permitir as modalidades Uber Juntos e Pool + seria o mesmo que decretar o fim do setor de transporte coletivo, que já acumula perda de 25% dos passageiros de 2014 a 2017.

“O Uber Juntos e a outra modalidade lançada pela 99 em Belo Horizonte são serviços que se travestem de transporte público e não são mais transportes individuais de pessoas. Em uma mesma viagem, ele opera em determinado percurso e vai angariando passageiros ao longo do trajeto”.

Relembre: Empresas de ônibus dizem que já perderam 5% dos passageiros para aplicativos

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta