Carnaval resulta em mais de 30 ônibus depredados no Distrito Federal

Em um dos casos, passageiros saíram pela janela e viajaram no teto do ônibus. Foto: Reprodução / TV Globo.

Metrô também registrou ocorrências durante os dias de folia

JESSICA MARQUES

Os dias de folia resultaram em mais de 30 ônibus depredados no Distrito Federal. O Metrô-DF também registrou quase 30 ocorrências durante o Carnaval.

Os números de ônibus danificados ainda não foi completamente apurado. Dados preliminares mostram que ao menos 10 veículos da empresa Pioneira foram depredados, assim como 13 da Piracicabana, dois da Marechal e 13 da Urbi.

Desde sexta-feira, 1º de março de 2019, os casos de danos a ônibus estão sendo registrados na região. Segundo informações do Correio Braziliense, os ataques ocorreram em pontos como Itapoã, Santa Maria, Gama e Samambaia.

Durante os ataques, vidros dos ônibus e bancos foram os maiores alvos dos danos feitos pelos criminosos. Em um dos casos, passageiros saíram pela janela e viajaram no teto do ônibus.

O balanço de foliões nas ruas feito pelas equipes de segurança do Distrito Federal aponta que cerca de 250 mil pessoas participaram do evento nos três primeiros dias.

Vídeos divulgados pelo portal Metrópoles DF mostram os momentos de alguns ataques a ônibus:

 

OCORRÊNCIAS NO METRÔ

O Metrô-DF também registrou diversas ocorrências de vandalismo e depredação. Ao todo, foram nove casos no sábado, incluindo extintores acionados indevidamente, duas janelas quebradas e sete portas danificadas.

No domingo, foram 13 casos de depredação de trens e, na segunda, mais oito casos. No total, também foram mais de 30 ataques.

A Companhia do Metropolitano de Brasília não informou o prejuízo com a depredação, mas em 2018 o valor chegou a R$ 50 mil. Para as empresas de ônibus, o Carnaval do ano passado resultou em R$ 100 mil gastos com ônibus destruídos.

Neste ano, o Metrô-DF lançou a campanha “Hora de cair na folia! Só não vale quebrar o Metrô” para conscientização sobre a importância de preservar o patrimônio público. Ainda assim, os casos foram registrados.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Renato Carlos Pavanelli disse:

    Carnaval resulta em mais de 30 ônibus depredados no Distrito Federal. = = = Pois é, Esse é o Retrato do que Chamo Brasil Bordel ou Bordel Brasil. Prestem a atenção na Cara dos Vândalos Mostram bem a Pobreza de Cultura, de Educação, Disciplina e Respeito. Também, creio, que devam Residir Na Periferia.

Deixe uma resposta