Transporte coletivo por aplicativo de celular inicia fase de teste em Goiânia nesta segunda, 11

CityBus 2.0 tem como base o descolamento em pequenas distâncias, e funciona com vans com ar-condicionado

ALEXANDRE PELEGI

Ainda em fase de testes, começa a funcionar em Goiânia na próxima segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019, o CITYBUS 2.0, um aplicativo que vai permitir que os passageiros chamem uma van com capacidade para até 14 pessoas, para realizar o trajeto que pretendem percorrer em menos tempo e por um valor mais baixo do que seria cobrado em um serviço prestado por automóvel.

O lançamento oficial foi feito no dia 30 de janeiro de 2017.

Relembre:

Goiânia recebe aplicativo para transporte público com tarifa flexível por distância percorrida

Empresa de ônibus de Goiânia reage a ‘Uber’ e cria serviço próprio

O transporte coletivo por aplicativo de celular, gerenciado pela HP Transportes, passou por mais de dois anos de estudos para chegar às ruas da capital de Goiás.

Mapa Centro Expandido Oficial

Mapa do Centro Expandido de Goiânia

O novo serviço complementar vai rodar, inicialmente, pelo Centro Expandido de Goiânia, que compreende 11 bairros: como os Setores Central, Sul, Oeste, Marista, Bueno, Bela Vista, Serrinha, Nova Suíça, Jardim Goiás, Universitário e Aeroporto.

A frota inicial é de 14 vans, mas poderá ser aumentada caso haja demanda nestes seis meses de projeto piloto. De acordo com a HP Transportes, todos terão ar-condicionado e capacidade para 14 passageiros.

Ainda segundo a empresa, inicialmente 30 motoristas trabalharão para as corridas do aplicativo, que serão realizadas em horários e linhas flexíveis. A expectativa é de que sejam realizadas até 3,5 mil viagens, das 6h às 23h.

O aplicativo CITYBUS 2.0 pode ser baixado de qualquer loja de celular a partir deste domingo, 10 de fevereiro.

O valor é R$ 2,50 variável pela distância percorrida.  Como ele é flexível e será calculado pela distância percorrida ao solicitar a viagem, o aplicativo fará o cálculo total do descolamento e informará o usuário. Mas, em viagens de até 5 km, o valor a ser pago poderá ser aproximadamente 30% mais barato que nas viagens pelos aplicativos de transporte individuais.

DONA DO APLICATIVO ATUA NO TRANSPORTE COLETIVO DE GOIÂNIA

A HP Transportes, que lançou o serviço, atua no segmento de transporte público coletivo na Região Metropolitana de Goiânia. Atualmente oferta mais de 2.200 viagens por dia útil, transportando 130 mil passageiros por dia, nas 136 linhas compartilhadas que servem ao Arco Sul da Região Metropolitana de Goiânia que inclui Goiânia, Aparecida de Goiânia, Hidrolândia e Aragoiânia, percorrendo mais de 65.000km/dia. A empresa emprega 1.100 colaboradores diretos, e gera aproximadamente 4.000 empregos indiretos.

O parceiro tecnológico da HP neste projeto possui operações semelhantes em outras 50 cidades nos EUA, Europa, Canadá e Ásia. Como Amsterdã, Nova York, Washington e outras.

Passo a passo para solicitar uma corrida:

  1. Baixe o aplicativo CITYBUS 2.0 na sua loja de celular;
  2. Faça o cadastro;
  3. Registre o seu celular com o código enviado;
  4. Cadastre o cartão de crédito ou selecione pagar em dinheiro;
  5. Aceite as condições de uso e segurança;
  6. Defina o número de passageiros;
  7. Defina o local de embarque;
  8. Defina o local de desembarque;
  9. O valor da viagem vai aparecer para confirmação da viagem;
  10. Aprove a viagem;
  11. Verifique o local de embarque indicado na plataforma e acompanhe a chegada do veículo.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

3 comentários em Transporte coletivo por aplicativo de celular inicia fase de teste em Goiânia nesta segunda, 11

  1. Gerson Rodrigues de Siqueira // 15 de fevereiro de 2019 às 10:49 // Responder

    Onde esta esta citybus ja esta em circulação,?

  2. Muito bom espero que chega em Belo Horizonte trasporte público aqui ta pedindo socorro

  3. Sou motorista do trasporte público a 20anos sou um profissional capacitado espero que chega aqui em Belo Horizonte logo vou me candidatar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: