Governo do Estado de SP vai se reunir com 39 prefeitos para debater licitação dos ônibus da EMTU

Na área 5, correspondente ao ABC, nunca foi feita uma licitação. Foto: Adamo Bazani

De acordo com secretário de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, entre os objetivos do encontro também está desenvolver em conjunto modelo de bilhetagem que pode envolver ônibus municipais e trilhos. Presidente da CPTM, Pedro Moro, diz que companhia deve se comunicar melhor com ônibus das cidades

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES

O Governo do Estado deve se reunir com os 39 prefeitos das cidades da Região Metropolitana de São Paulo para discutir melhores formas de ônibus municipais, metropolitanos e CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) se complementarem.

O encontro deve ocorrer no Palácio dos Bandeirantes no dia 07 de fevereiro. A informação foi dada pelo secretário de transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, em reunião com sites especializados em mobilidade, entre os quais, o Diário do Transporte.

De acordo com Baldy, um dos assuntos em pauta será a licitação dos ônibus do sistema da EMTU, que deveria ter sido concluída em 2016. Na área 5, correspondente ao ABC, nunca foi feita uma licitação por esvaziamentos e ações judiciais por parte de donos de empresas de ônibus.

A última previsão era para o certame ser retomado em 2018, por meio de uma audiência pública.

Relembre: Licitação da EMTU será retomada ainda neste ano com audiência pública, diz Pelissioni

Para Baldy, os prefeitos devem dar sugestões e participar do desenho das redes de ônibus. Atualmente, linhas metropolitanas e municipais acabam concorrendo em diversos trajetos.

Secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy (terno escuro) e presidente da CPTM, Pedro Moro (camisa tom cinza) juntamente com editores de portais de mobilidade e assessoria de imprensa da CPTM. Foto: Divulgação

O secretário ainda disse que dentro deste intuito do governo de melhorar a comunicação entre ônibus municipais, metropolitanos e trilhos está a criação de uma nova forma de bilhetagem.

“[A reunião] é um convite a todos os 39 prefeitos. Nós colocaremos a deliberação para esta licitação da EMTU, para que ela saia de fato. Para que também ainda neste ano possamos repensar, reavaliar e construir um novo modelo de bilhete”, disse Baldy ao se referir que uma das metas é possibilitar mais integrações entre os sistemas de ônibus municipais e trilhos, reduzindo até mesmo a quantidade de vezes que a pessoa tem de pagar as passagens para completar o trajeto.

“Em paralelo à licitação da EMTU, discutir com os prefeitos formas de reduzir o número de tarifas”, complementou.

OUÇA:

CONVERSA COM CPTM

O presidente da CPTM, Pedro Moro, no encontro com os portais de mobilidade disse que a companhia vai procurar ampliar as trocas de informações entre as linhas de trem e dos ônibus municipais.

“Muitas vezes, coisas simples fazem toda a diferença na vida das pessoas, como compatibilizar as partidas dos ônibus municipais com as chegadas dos trens”, disse.

Um dos exemplos são partidas dos últimos ônibus municipais no fim da noite e madrugada que só devem ser feitas depois que os passageiros desembarcaram dos trens, para ninguém ficar “na mão”.

“São assuntos que devemos discutir com as prefeituras e empresas de ônibus. É questão de comunicação, entendimento”, disse Pedro Moro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes
Jessica Marques para o Diário do Transporte

10 comentários em Governo do Estado de SP vai se reunir com 39 prefeitos para debater licitação dos ônibus da EMTU

  1. Renato Vieira dos Santos // 23 de janeiro de 2019 às 09:23 // Responder

    Muita conversar, mas alguma melhora no transporte…..

  2. Deverim colocar mais ônibus intermunicipais, de inocooI para Armênia,o das 6:15 só quebra quase todos os fidi ,e as pessoas chegam atrssadas,com ônibus lotados, pessoas que caberiam em dois ônibus lotados vão todos em um onônib esmagadse.
    Isso quando passa o ônibus,muita m vezes não passa o das 6:15 nem o das 6:50. Isso é uma humilhação

  3. Bom dia
    Os onibus de Itapecerica da serra,estão a maioria quebrado, moro no Jd Vitoria tem pouco onibus e não tem cobradores e um absurdo os motorista dirigir e cbrar as condução…senhor governado se a miracatiba não tem condições por favor coloque outras empresas para trabalhar nos municipios.

  4. JOSE LUIZ VILLAR COEDO // 23 de janeiro de 2019 às 13:55 // Responder

    Os Ônibus Convencionais e Microes da E.O. Vila Galvão – Consórcio INTERNORTE estao a anos deixando a desejar! E tem Linhas provenientes do Metrô Tucuruvi que deveriam ser operadas com Trucados e Articulados e sao operadss com Microes … ai de nos se nao fossem os RTO’s! Agora os Clandedtinos voltam discretamente com supostas AUTORIZAÇOES JUDICIAIS … AFF! 😒😒

  5. Amigos, boa noite.

    Agora é que nada vai funcionar mesmo.

    40 ideias diferentes.

    Rsssssssssssssssssssssssssssssssss

    Att,

    Paulo Gil

  6. Bom dia….
    Senhores e autoridades, gostaria de dizer sobre as linhas de ônibus intermunicipais 272 que fazem o transporte Suzano a Piatã.
    O prefeito da região não tem nem uma resposta ao povo sobre a péssima condições do tranportra e o valor da passagem que subiu, E ainda os empresários da MTU disse que isso foi por conta do aumento do combustível.
    Isso não é verdade porque o combustível tem abaixado ao dois meses consecutivos.
    Os ônibus são antigos nao tem força para subir as ladeiras.
    E muitas das vezes nos que dependemos da integração, temos que pagar uma passagem inteira porque eles demoram muito e sempre dizem que o oniôni quebrou no caminho.
    Os fiscais não tem preparo e a empresa aproveita as condições onde os trabalhadores mora e colocam os piores ônibus pra fazer o itinerário.

  7. Bom dia acho importante essa reunião, mas e interessante todos os envolvidos que faz o transportes metropolitanos, inclusive os chamados RTO.s, que um bom tempo vem prestando um bom trabalho para os transportes metropolitanos, com aprovação de 87% pela população, e podemos atingir 💯% para o bem do usuário

  8. A empresa que opera o transporte municipal na cidade de Mauá opera de forma alinhada com a CPTM no que diz respeito ao ultimo trem, de forma que os ônibus da última viagem 00:55 só realizam viagem após receber informação da estação ferroviária quanto a chegada da composição. Aos sábados a Suzantur dispõe de 7 linhas (corredores) que saem do Terminal Central às 01:40h da manhã que é quando vem o último trem da estação Brás.

  9. Muita coisa a ser mudada no Emtu por exemplo o estudante não consegue passe livre quando mora em cajamar por exemplo e estuda em sp , outro problema a passagem um absurdo de cara agora chegou a 7,50 não tem integração ou seja se vc descer do ônibus tem que pagar mais 7,50 é o pedagio 9,20 eles acham que o morador de cajama são ricos? Indignada.

  10. Morei em Suzano. Em 2005 à 2008 existia algumas linhas inter complementares. Linha 285 cid Edson×Estudantes.e uma linha que saia de palmeiras até Mogi pela marques figueira e extinguiram esse transporte complementar.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. ENTREVISTA: Passageiros do Metrô e da CPTM devem ter programação das partidas no celular pelo aplicativo CittaMobi – Diário do Transporte
  2. Pedro Moro e Alexandre Baldy discutem em encontro os planos da CPTM

Deixe uma resposta