Prefeitura de Guarujá antecipa início das operações da City, do Grupo VIP de São Paulo, para 1º de fevereiro

Parte da frota veio da capital paulista. Foto: Rodrigo Corrêa da Graça/Clique para Ampliar

Translitoral deixará definitivamente os serviços na cidade do litoral paulista. Nova empresa deve investir ao menos R$ 127 milhões

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, comunicou neste sábado, 12 de janeiro de 2019, que a empresa City Transporte Urbano Intermodal Ltda, assumirá integralmente as operações dos serviços de ônibus da cidade a partir de 1º de fevereiro de 2019.

O comunicado foi publicado no Diário Oficial do Município de hoje.

Como mostrou o Diário do Transporte, a prefeitura assinou no dia 26 de outubro de 2018, o contrato de 15 anos com a empresa.

Na ocasião, a estimativa era de que a City assumisse em março deste ano, mas, segundo a prefeitura, diante das reclamações da população quanto à Translitoral, atual operadora dos ônibus, o poder público decidiu antecipar a entrada da nova empresa.

A City promete começar as operações com ônibus novos e seminovos, muitos dos quais que vieram da capital paulista.

Isso porque, a nova companhia tem em seu quadro de sócios os mesmos controladores da VIP Transportes Urbanos, que atua no subsistema estrutural (linhas com ônibus maiores que passam pela região central), da cidade de São Paulo.

De acordo com a Jucesp – Junta Comercial do Estado de São Paulo, são sócios da City, Roberto Pereira de Abreu e a RAAR Investimentos Eireli. A RAAR tem como titular justamente Roberto Pereira de Abreu.

A VIP Transportes Urbanos, da capital paulista, é controlada majoritariamente pela família Abreu, com a família Ruas, que estão entre os maiores empresários de ônibus da cidade de São Paulo.

A estimativa é que a City invista ao menos R$ 127 milhões durante a concessão.

O Diário do Transporte divulgou em outubro, posicionamento oficial da prefeitura de Guarujá, que havia informado na ocasião, que a City terá de comprar 120 ônibus, entre os quais um de dois andares para rotas turísticas e 25 articulados.

A companhia ainda será obrigada a instalar também estações de compartilhamento de bicicletas e reformar terminais.

A frota de 120 ônibus deve ter a seguinte composição mínima:

– 25 ônibus articulados modelo BRT;
– 40 ônibus modelo Padron;
– 55 micro-ônibus e do tipo convencional;
– 1 ônibus modelo Double Deck;
– 3 micro-ônibus para serviço executivo;
– 2 vans adaptadas para transportar pessoas com mobilidade reduzida.

“Além disso, serão implantadas 15 estações de bicicleta compartilhada, os terminais serão reformados e haverá mudança na pavimentação dos roteiros para uma melhor locomoção. Será um transporte revolucionário e moderno que irá de encontro aos anseios de toda a população.” – destacou a prefeitura.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/10/26/prefeitura-do-guaruja-assina-contrato-com-a-city-transporte-e-preve-investimentos-de-r-127-milhoes/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

19 comentários em Prefeitura de Guarujá antecipa início das operações da City, do Grupo VIP de São Paulo, para 1º de fevereiro

  1. Gostaria de saber aonde fazer o novo cadastro para utilizar a Impresa nova.
    Gostaria de um contato.

  2. Meu Deus que seja melhor que a antiga viação passamos muito tempo esperando o ônibus e ainda vem.lotado
    Tomara que melhore

  3. Oh gloriaaaaaaaaaaa Valeu Prefeito por libertar o povo do Guaruja

  4. Wagner Porfírio Menezes // 12 de janeiro de 2019 às 23:31 // Responder

    Parabéns um sonho de criança que saísse essa transferência litoral ninguém aguentava mas seja bem vindo nova empresa modernidade é essencial hoje em dia lugar como Guarujá merece uma empresa de primeira

  5. Assim e fácil na teoria na prática não funciona na cidade do Guarujá.
    Tem que ter faixa exclusiva para ônibus.
    Fiscalização um exemplo é o bairro cachoeira o acesso é horrível para ônibus carros estacionados na ciclovia.
    Temporada e feriados prolongados a cidade para o uso do transporte público é inútil.

  6. Parabéns prefeito!
    Após anos de um serviço mal prestado pela translitoral, alguém de coragem toma a iniciativa de findar contratos intermináveis e investir em novas expectativas para o bem do povo. Façamos votos que dê certo, mas, ainda que não dê, agradecemos pela tentativa da mudança.

    Edilene Souto.

  7. Infelizmente a cidade contará com frota de usados descartados da cidade de São Paulo, sem ar condicionado… Foi o que deu pra entender nessa reportagem…

  8. PAULO HENRIQUE PEREIRA DA SILVA // 13 de janeiro de 2019 às 17:00 // Responder

    PARABÉNS AQUELES QUE TIVERAM A CORAGEM DE ACABAR COM O CARTEL DO TRANSPORTE COLETIVO EM GUARUJÁ. A TRANSLITORAL DURANTE ANOS USOU E ABUSOU DOS CONTRIBUINTES DESTE MUNICÍPIO OFERECENDO UM TRANSPORTE PUBLICO FALIDO E EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES. PEÇO QUE O INTRRVALOS ENTRE OS COLETIVOS DE UMA MESMA LINHA SEJAM REVISTOS, POIS 40 MINUTOS É MUITO TEMPO, E QUE A INTEGRAÇÃO SEJA FEITA TAMBÉM DENTRO DOS TERMINAIS COMO OCORRE EM SP E EM SANTOS AONDE DESCEMOS DE UMA LINHA E PODEMOS PEGAR OUTRA PAGSNDO APENAS UMA PASSAGEM, O QUE NÃO OCORRE AQUI EM GUARUJÁ. SE CONSEGUIREM ISSO JA SERA DE GRANDE AJUDA PARA A SOFRIDA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO.

  9. elson Barbosa da Silva // 13 de janeiro de 2019 às 22:00 // Responder

    parabéns Cidade de Guarujá eu sou motorista de ônibus articulado dessa empresa aqui em São Paulo é uma empresa que valoriza o profissional e os seus clientes

  10. Esperava ansiosa por esse momento ” a saída desse monopólio que era a Translitoral” quero muito que essa nova empresa revolucione e reorganize o transporte na cidade com respeito a população, coisa que a translitoral nunca teve.

  11. Vão trazer de SP? Lá não tem wi fi nos ônibus…

  12. Até que fim um transporte de qualidade essa translitoral já tinha que ir embora faz tempo onde os clientes sofrem de calor no verão e o wi,fi e só de enfeite

  13. A empresa que chega ao Guarujá tem meu voto de confiança. E que ao longo do tempo esta empresa tenha sabedoria para lidar com os desafios atuais e futuros que a cidade apresentar.
    A translitoral infelizmente é o reflexo de tudo que a de ruim nas administrações privadas e públicas.
    “Acorda tu que dormes.”

  14. sobre os idosos eles vão continuar com o RG de aoresentação? ou teram que fazer um cartão?

  15. Nao sou usuária de transporte pupúbli,mas desejo o melho para a população de Guarujá, Espero que a nova empresa seja realmente um ótimo investimento em Guarujá com muitas melhorias.

  16. Sinto em tirar suas esperanças usuários do transporte no Guarujá, se essa empresa fizer a prestação de serviço igualmente aqui em sao Paulo, vcs estão ferrados pois só investem nas linhas que eles tem muitos lucros, então pode se dizer que trocaram 6 por meia dúzia, moradores das regiões mais afastada a tendência e piorar, Perequê e região vão sofrer.
    Grande exemplo e o que acontece aqui em São Paulo, São Miguel, Itaim Paulista, Penha e região essa empresa coloca os melhores carros como Super articulados com ar condicionado e Wi-Fi, na região de Cidade Tiradentes, Guaianases e São Mateus os lixos velhos de outras linhas como o Caio Millennium II, Caio Apache Vip I, então não esperem muito dessa empresa.
    Quanto a troca de bilhetagem, deveria ser de responsabilidade da mesma em um acordo com a antiga Translitoral, pois os usuários nao deveriam ter que se locomover e perder tempo para resolver uma coisa de responsabilidade da prefeitura.

  17. Tiraram uma empresa da cidade do Guarujá pra colocar uma empresa de ônibus da cidade de São Paulixo. Deveriam colocar no edital que apenas empresas de ônibus da nossa região poderiam participar da licitação. Como não foi assim, o resultado foi que ganhou uma empresa de São Paulixo, que mandou ônibus usados e pichados por paulixos vândalos pra circular na nossa cidade. É uma vergonha……..pela volta da Translitoral.

  18. Está péssimo o serviço dessa empresa. Antes era ruim…..agora está um lixo. Antes gastava 1h. Agora são 2h para conseguir chegar em casa. Nunca imaginei que iria desejar a translitoral de volta.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Funcionários da Translitoral negociam transferência para nova concessionária do transporte público do Guarujá – Diário do Transporte
  2. Guarujá redesenha mapa do transporte municipal e anuncia 12 novas linhas – Diário do Transporte

Deixe uma resposta para Wagner Porfírio Menezes Cancelar resposta