Kalil abre “caixa-preta” dos transportes de BH e se surpreende com tarifa a R$ 6,35

Ônibus do sistema municipal de Belo Horizonte. Foto: Daniel da Silva (Clique para Ampliar)

Prefeito de BH se diz assustado com valor, que garante ser “inviável”, mas não descarta reajuste em 2019

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, convocou a imprensa nesta sexta-feira, dia 21 de dezembro de 2018, para revelar os resultados da auditoria realizada pela empresa Maciel Consultores sobre o que ele próprio convencionou chamar de “caixa-preta” da BHTRANS.

Além de não encontrar irregularidade nos contratos firmados entre a BHTrans e as empresas de ônibus, os cálculos e análises dos auditores levaram à conclusão de que a tarifa de ônibus na capital mineira deveria custar hoje R$ 6,35.

Dizendo-se assustado com o valor, Kalil afirmou que o preço é inviável. Mesmo assim, ele não descartou um possível reajuste na tarifa em 2019.

O último reajuste da tarifa (9,04%) ocorreu em dezembro de 2016. Quando as empresas que prestam o serviço de transporte solicitaram um novo reajuste, a prefeitura condicionou qualquer aumento à análise das contas do sistema.  O preço praticado atualmente é de R$ 4,05.

“Eu esperava abrir uma caixa-preta, mas nós, praticamente, tivemos 400 caixas da BHTrans abertas. Eu estou assustado. Não temos a menor condição em tarifar esses valores”, afirmou Kalil.

Para chegar ao valor de R$ 6,35, a empresa contratada pela prefeitura de BH levou em consideração uma série de dados, como a receita, os custos, as áreas de investimento e o lucro das empresas entre 2013 a 2016. Kalil informou que a investigação realizada pela Maciel Consultores levou em conta cerca de 104 mil documentos que regem os contratos do transporte na capital.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Kalil abre “caixa-preta” dos transportes de BH e se surpreende com tarifa a R$ 6,35

  1. Esse Kalil fala demais. Todos sabem que o custo de tudo no Brasil está subindo, até quando vai segurar o reajuste?Enquanto isso a prefeitura se preocupa em “dar” R$600 mil a blocos de carnaval que deveriam arrecadar dinheiro através de patrocínio….

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. BHTrans se reúne com empresas, mas tarifa de ônibus de Belo Horizonte não é definida – Diário do Transporte
  2. Passagem de ônibus de Belo Horizonte sobe para R$ 4,50 a partir de domingo – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: