Feira de Santana recebe ônibus Mascarello Gran Via Volvo B270F para teste em linha urbana

Foto: Washington Nery

Modelo vai operar em fase experimental por 40 dias a partir de segunda-feira, 17, resultado de parceria entre a empresa sueca (Grupo Gotemburgo) e a Rosa Turismo

ALEXANDRE PELEGI

A cidade de Feira de Santana, na Bahia, terá a partir desta segunda-feira, dia 17 de dezembro de 2018, um ônibus Volvo B270F, modelo Gran Via da Mascarello, operando em fase experimental por 40 dias.

Resultado da parceria entre a empresa sueca (Grupo Gotemburgo) e a Rosa Turismo, o veículo atenderá nesse período a linha 108-Conder/Terminal Central via Shopping Boulevard, que faz parte do Sistema Integrado de Transporte (SIT) local.

O município foi escolhido para a fase de testes e implementação do novo equipamento de transporte coletivo.

Com aço especial, o chassi Volvo B270F, modelo Gran Via, é considerado pela encarroçadora Marcarello o mais leve do mercado para a categoria 15 metros.

Único chassi 4×2 com motor dianteiro preparado para receber uma carroceria desse comprimento, ele permite a instalação de um terceiro eixo. Para lembrar: o chassi B270F “trucado”, com implemento encomendado junto à Volvo no momento da compra, foi uma das apostas da Volvo na Transpúblico Lat.Bus, onde foi apresentado com carroceria Caio. Relembre: Volvo apresenta chassi urbano preparado para carrocerias de 15 metros

De acordo com um comunicado da prefeitura de Feira de Santana, o ônibus teste da Volvo é o que tem maior capacidade de transporte de passageiros da categoria, e eixo traseiro duplo articulado (que se move paralelo ao eixo dianteiro) com suspensão mecânica de molas parabólicas, o que permite viagens mais confortáveis para os motoristas e mais seguras para os passageiros.

Relembre matéria publicada no Diário do Transporte sobre o assunto: Ônibus de 15 metros devem ampliar oferta de lugares nos transportes de Joinville

O secretário de Transportes e Trânsito do município, Saulo Figueiredo, afirma que o veículo tem capacidade para embarcar confortavelmente até 100 pessoas, “ou seja, 30% a mais de passageiros que os modelos de ônibus convencionais”. Isso, segundo ele, é fundamental para operar satisfatoriamente em horários de pico, “a exemplo da linha Conder que possui alta demanda”.

Volvo-B270F-empresa-Rosa-02

Foto: Washington Nery

Outro diferencial do modelo é o sistema com motor totalmente eletrônico Euro 5 de alta performance, com baixo consumo de combustível (Regulamentação CONAMA Fase V) e intervalos de troca de óleo estendidos que atende a um conjunto de normas regulamentadoras visando a diminuição da emissão de poluentes de veículos movidos a diesel.

Trata-se na verdade do PROCONVE P-7, que passou a vigorar no Brasil em 2012. O comunicado da prefeitura diz que o modelo Volvo tem como meta reduzir as emissões de Óxido de Nitrogênio (NOx) em até 60%.

Outros componentes tecnológicos são citados, como sistema eletro-hidráulico das plataformas elevatórias (elevadores) independentes para acessibilidade aos ônibus, tecnologia fundamental que proporciona qualidade, segurança e conforto durante a oferta do serviço às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

O ônibus teste garantirá nesse período de 40 dias ao passageiro de Feira de Santana, acesso gratuito à sistema de Wi-Fi gratuito, sem contar maior segurança com monitoramento em tempo real por sistema de gestão de frota via GPS e câmeras, além de validadores eletrônicos para uso do cartão social Via Feira.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta