Quatro estações do monotrilho da linha 15-Prata terão horário ampliado a partir deste sábado com cobrança de tarifa, mas não ainda em todo o período

Plena operação será gradativa de acordo com a companhia do Metrô que opera o monotrilho. Até sexta, operação ainda será das 9h às 16h. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)/Clique para Ampliar.

Funcionamento do trem que circula em elevados será das 6h às 20h. Estações foram inauguradas em 06 de abril

ADAMO BAZANI

Sete meses depois de serem inauguradas, as estações São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União do monotrilho da linha 15-Prata passam a operar em horário um pouco maior a partir deste sábado, 1º de dezembro de 2018, das 6h às 20h, todos os dias da semana. Até agora, o trecho funciona somente de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

O horário normal do sistema de Metrô, ao qual o monotrilho é integrado, é das 04h40 à 00h durante os dias da semana, mesmo período de operação das estações Vila Prudente e Oratório da mesma linha.

Os passageiros também serão agora obrigados a pagar tarifa para terem acesso ao meio de transporte, que estava em testes entre estas estações desde o dia 06 de abril de 2018, quando foram inauguradas no último dia de mandato do então governador Geraldo Alckmin que deixou o cargo para disputar as eleições presidenciais, nas quais perdeu ainda no primeiro turno com apenas 4,76% dos votos, ficando em quarto lugar.

Em nota, a companhia do Metrô reconhece que a demora para que as estações estejam em operação plena é ainda o pouco domínio deste tipo de meio de transporte no Brasil.

“Por ser um modal de transporte pioneiro em São Paulo, a Linha 15-Prata passa por uma série de testes programados que permitem o aperfeiçoamento de sua operação. A linha opera com um tipo de sistema de controle de trens (CBTC) totalmente sem operador e, para que o novo trecho seja liberado em período integral, todas as possíveis rotas de circulação dos trens, inclusive no trecho entre Oratório e Vila Prudente e no pátio, precisam ser testadas e aprovadas pelo Metrô e pela fornecedora do sistema, a Bombardier.”

A empresa ainda disse nota que os horários serão ampliados gradativamente até passar operar das 04h00 à meia noite.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Quatro estações do monotrilho da linha 15-Prata terão horário ampliado a partir deste sábado com cobrança de tarifa, mas não ainda em todo o período

  1. Tomara que o novo governador acabe com esta forma bisonha do governo Geraldo Alckmin de entregar obras com atrasos de décadas, haviam prometido entregar até São Mateus ainda este ano, não tinha votado no Doria, mas hoje acho que o Marcio França seria um erro pois tem o mesmo perfil do Gerando, então cabe ao Doria mudar essa imagem de promessas não cumpridas, sempre achei que o Geraldo Alckimin não gostava da cidade de SP.

  2. O Doria e a mesma coisa do mesmo, não vai mudar nada. A gente tem o que merece, povo burro merece gente ladrona no poder, o erro não esta em um ou outro, mais sim no conhecimento e no acompanhamento da politica, coisa que ninguém faz.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Por falha em monotrilho da Linha 15-Prata, trens só circulam entre as estações Vila Prudente e Oratório – Diário do Transporte
  2. Após uma hora de falha, operação da Linha 15-Prata é normalizada – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: